Imprimir

Notícias

18/01/2021 | 16h37m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Geraldo Luís confessa: ‘Não tenho vergonha de ser popular’

Apresentador conversou com os jornalistas sobre os detalhes do inédito A Noite É Nossa, que estreia nas noites de quarta, da Record TV

Geraldo Luís confessa: ‘Não tenho vergonha de ser popular’ - Reprodução/Instagram

Era visível o brilho nos olhos de Geraldo Luís, na coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (18), de forma virtual, por conta da pandemia da Covid-19.

O apresentador que recentemente renovou seu contrato com a Record TV, por mais quatro anos, detalhou com entusiasmo seu retorno à grade de programação da emissora, após sua saída do Balanço Geral SP, no ano passado.

Totalizando 13 anos no canal paulista, o famoso contador de histórias voltou da longa quarentena com um novo desafio: comandar um programa de auditório nas noites de quarta. O A Noite É Nossa vai contar com um time de repórteres descontraídos, são eles Fabíola Gadelha, Celia Pinho e Rodolfo, entre outros colaboradores.

“Quantos momentos marcantes fizeram história na televisão? O cenário ficou a coisa mais divina, uma inovação, tecnologia! O público quer rir, se emocionar. Não tenho vergonha de ser popular, fazer televisão para o povo. Eu sou um aprendiz, ainda mais nas noites”, iniciou ele, feliz da vida.

O comandante desta nostálgica atração, com releituras dos clássicos da TV brasileira deu mais detalhes do projeto.  

“É um grande desafio, não só pela audiência, que é consequência de um bom trabalho. É um saudosismo gostoso. Um encontro da nostalgia com o novo.”

O retorno do icônico repórter Rodolfo

Encontro impactante

Para o programa de estreia, no próximo dia 20, Geraldo traz com exclusividade uma entrevista com o eterno Didi, Renato Aragão. O apresentador iniciou a conversa online, respondendo a uma pergunta do OFuxico, sobre o que mais o tocou no encontro com o icônico comediante.  

“Sou amigo do Renato há muitos anos, o conheci trabalhando em circo, limpando animais. Sou um cara sério, tranquilo. O circo me deu essa veia artística, brincar, rir. O circo é a arte do simples, difícil fazer em televisão”, descreveu.

Ele ainda complementou o sentimento de reencontrar o ídolo, anos depois.

“Foi uma ternura revê-lo. Passou na minha cabeça o Renato do circo. Eu olhava para ele meio perdido, anestesiado, é muita emoção”, afirmou ele.   

O imperdível encontro de um admirador com seu ídolo

Medidas de segurança

O famoso ressaltou ainda, que a direção do programa tomou todos os cuidados de prevenção do novo coronavírus, fazendo periódicos testes, principalmente.  

“Meu nariz não aguenta mais ver cotonete (risos). Eu me cuido, ainda mais por ser do grupo de risco. Estou muito tranquilo em relação ao auditório [que terá 30 pessoas]. Estamos cuidando de todos”, ponderou.  

No palco, o telespectador vai curtir ainda na estreia, o som do cantor Tierry, atual revelação da música brasileira, quadros irreverentes como a Hora do Boleto. Isso e muito mais!  

“Desejamos trazer a essência dos programas de auditório, matar a saudade, e apresentar esse tipo de formato para o jovem. Uma releitura do Chacrinha, Bolinha, Os Trapalhões... É um prêmio começar com o Renato Aragão”, confessou o diretor do programa, João Scortecci.

Então, anota aí: A Noite É Nossa estreia na próxima quarta-feira (20), na tela da Record TV, a partir das 22h30, com 14 episódios na primeira temporada.

Geraldo Luís desabafa: ‘A calvície já estava me incomodando’





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico