Imprimir

Notícias

20/11/2019 | 04h00m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Reprodução/Instagram

Integrantes de grupo de k-pop denunciam produtora por abuso

Taeseon e Wooyeop deixaram o TRCNG e prestaram queixa contra a TS Entertainment

Integrantes de grupo de k-pop denunciam produtora por abuso - Reprodução/Instagram

Nesta semana, a TS Entertainment, uma das gravadoras da Coreia do Sul, publicou um comunicado oficial no Twitter para avisar que Taesun e Wooyeop não são mais integrantes do TRCNG, agenciado pela empresa, deixando claro que agora o grupo atuaria com apenas oito integrantes.

O motivo da saída dos dois membros, ambos com 19 anos, foram os anos de abusos mentais e agressões físicas e o pedido de desligamento partiu exclusivamente deles. Segundo matéria feito pelo The Straits Times, jornal de Singapura, os artistas, a produtora e seus empresários obrigavam o grupo a fazer os ensaios das 17h às 5h sem descanso algum. Os jovens teriam apenas cinco horas de sono por dia e uma rotina que atrapalhava o rendimento escolar.

De acordo com a publicação, Taesun e Wooyeop tinham 17 anos quando viveram os momentos mais tensos. Wooyeop, por exemplo, deixou claro que foi parar no hospital, onde ficou internado por duas semanas, após o coreógrafo Park Sang Hyun ter jogado uma cadeira de metal em cima dele. Taesun alegou ter testemunhado esse episódio e também afirmou que não foi a única situação difícil que enfrentaram.

Cantora de K-Pop é criticada após declarações racistas

Veja o comunicado abaixo:

"Posição oficial sobre as atividades futuras da TRCNG: Olá. TS Entertainment. Nós lhe daremos uma posição oficial sobre as atividades futuras do TRCNG. Após uma longa discussão com os membros, o TRCNG vai trabalhar comum sistema de 8 membros, exceto Taesun e Wooyeop. Esperamos ansiosamente pelo seu interesse e amor contínuos pela TRCNG. Obrigado."







Instagram

Instagram

OFuxico