Imprimir

Notícias

22/11/2020 | 14h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Jennifer Lopez janta com filhos desde início da quarentena

Cantora confessou que antes do bloqueio pelo coronavírus, nunca tinha feito isso antes

Jennifer Lopez janta com filhos desde início da quarentena - Reprodução/Instagram

Jennifer Lopez contou à revista do jornal Wall Street Journal que aprendeu muito sobre seus filhos graças a pandemia do coronavírus. Depois de ouvir que Max e Emme Muñiz foram sinceros sobre sua insatisfação com eles mesmos durante o bloqueio, a cantora reconheceu que a conversa com seus gêmeos de 12 anos lhe 'abriu os olhos'. 

"Eu amei ficar em casa e jantar com as crianças todas as noites, algo que eu provavelmente nunca tinha feito antes", contou a estrela de 51 anos na edição de novembro da revista WSJ. 

"E as crianças expressaram coisas que elas acham ok em nossas vidas e coisas que elas não gostam", disse, descrevendo esse momento que teve com seus filhos como 'algo que abriu seus olhos a uma reavaliação, para ver o que estava funcionando e o que não estava funcionando' na vida de todos. 

J-Lo acrescentou: "Você acha que está tudo bem, mas você está correndo e trabalhando, e eles estão na escola, e todos ficamos com  nossos aparelhos eletrônicos... Estamos dando essa ótima vida a eles, mas ao mesmo tempo eles precisam da gente. Eles precisam da gente de outra forma (...) Precisamos desacelerar um pouco e nos conectarmos mais. E sabe, eu não quero perder nada. Então eu percebi, 'Meu Deus, eu teria perdido isso se eu não tivesse aqui hoje'". 

Reconhecendo que seus filhos cresceram, a atriz de As Golpistas disse: "Eu assisti enquanto eles foram de gentis e inocentes até pré-adolescentes. Quando isso aconteceu? Eles não são mais meus bebês... Eles tiveram uma dose de mundo real, com o conhecimento de que as coisas podem ser tiradas deles e que a vida acontece. Eles precisaram crescer... E a gente também." 

Saúde mental na quarentena

 

Jennifer Lopez se abriu sobre a pandemia e o bloqueio por causa do coronavírus, e contou em entrevista à rádio espanhola El Zol 107,9 que teve momentos onde 'se sentiu muito mal' com sua saúde mental. 

A cantora de 51 anos admitiu que, como muita gente ao redor do mundo, ela também teve dificuldades em meio a crise global, enquanto seus filhos - os gêmeos Max e Emme, de 12 anos, de seu casamento anterior com Marc Anthony - também tiveram dificuldade. 

"Não é fácil. Durante a pandemia, eu acho que todos tivemos um momento onde ficamos deprimidos ou com medo do que ia acontecer. Tive muitos momentos onde me senti muito mal. Meus filhos também. Todos nós em casa", contou. 

Jennifer relembrou um momento em que a filha Emme falou que estava irritada e frustrada, porque 2020 estava acabando: "Minha filha foi até a minha cama chorando, e falou, 'Por que isso está acontecendo? Sinto falta dos meus amigos. Por que isso está acontecendo na nossa vida?'. Com tudo que estava acontecendo, protestos e outras coisas que eles estavam vendo. Eu disse a ela que, às vezes, as coisas precisam mudar, e quando mudam, às vezes dói um pouco. Mas que acontecem para o bem de todos. Às vezes a gente precisa viver esses momentos e precisamos continuar fortes e ser gratos, porque temos coisas demais - temos nossa saúde, estamos juntos, temos amor."

Lopez também deu alguns conselhos sobre saúde mental nesses dias, e falou sobre a importância de se manter ativo durante a quarentena. 

"É muito importante nos dias que você se sente mal, que levante e faça alguma coisa. Treine em casa, faça algo que te deixe bem, cozinhe algo que você gosta. Se levante e continue".





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico