Imprimir

Notícias

25/03/2020 | 18h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Grosby Group

Jeremy Renner pede redução em pensão alimentícia

O ator justifica a crise mundial causada pelo coronavírus

Jeremy Renner pede redução em pensão alimentícia - Grosby Group

Devido à crise mundial do coronavírus, o ator Jeremy Renner entrou com pedido especial na corte de Los Angeles na segunda-feira (23) para solicitar ao juiz que faça uma redução no valor da pensão alimentícia que paga à ex-mulher Sonni Pacheco por sua filha Ava, de seis anos.

Atualmente Renner paga US$ 30 mil (R$ 152 mil) de pensão à menina, mas agora justifica que está difícil conseguir pagar esse valor, por causa da crise econômica que o mundo enfrenta com o COVID-19.

Nos documentos, o ator de 49 anos reconheceu que 2020 não tem sido um bom ano, e que muitos trabalhos foram suspensos e cancelados para conter a propagação do vírus.

Segundo o site TMZ, ele escreveu em seus documentos: "É provável que a maioria das produções não seja retomada novamente antes do final do ano. Como tal, os projetos que eu havia anteriormente assinado para este ano provavelmente serão cancelados ou adiados."

Embora ele não tenha pedido uma redução específica, Jeremy disse que acredita que US$ 11 mil (R$ 56 mil) são suficientes para as  'necessidades' de Ava como moradia, alimentação, transporte e roupas. Ele ainda alega que a mãe da menina está usando o dinheiro para  'apoiar' seu estilo de vida e travar uma guerra de custódia infantil contra ele.

Babá da filha de Jeremy Renner complica o ator nos tribunais

Jeremy Renner, de Vingadores, pode perder guarda da filha de 6 anos

Jeremy Renner fecha app por causa de contas fakes

Lady Gaga e Jeremy Renner fazem colaboração musical

Batalha judicial complicada

 

Desde o ano passado Jeremy Renner continua em uma complicada batalha judicial com sua ex, Sonni Pacheco, com quem tem sua filha Ava, de seis anos.

A atriz, que o acusou de ameaçá-la de morte, e em outra ocasião de colocar uma arma na própria boca em uma ameaça de suicídio, quando estava bêbado e drogado com cocaína, agora exige uma maior proteção contra o ator, enquanto eles lutam pela custódia de Ava.

O ex-casal, cada um para seu lado, quer a guarda total da menina. Pacheco alega nos tribunais que Renner falou sobre matá-la.

Ele a chamou de 'mentirosa com problemas de drogas e saúde mental', mas de acordo com o site TMZ, Pacheco está pedindo ao juiz que cuida do caso, que reserve uma sala no tribunal onde ela, sua filha e a babá da criança possam ser levadas, com o intuito de se sentirem mais seguras.

Em um novo golpe para Renner, a babá apresentou uma declaração a pedido de Pacheco, dizendo que Jeremy lhe disse que ele disparou uma arma no telhado de sua casa por causa dela.

Ele teria dito à babá: "Você é a razão pela qual eu apertei o gatilho. Você acha que se meu sangue e meu cérebro estiverem espalhados pelo chão do meu quarto, eu viveria esse estilo de vida nesta mansão?".

Jeremy Renner e Sonni Pacheco se separaram em 2014 depois de menos de um ano de casamento e, desde então, compartilham a custódia de Ava, mas a mãe agora diz que deve cuidar da menina em tempo integral, alegando que a casa do ator não é segura para a filha e muito menos ele por seus problemas de abuso de substâncias e álcool.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico