Imprimir

Notícias

01/06/2020 | 16h00m - Publicado por: Caroline Huertas | Foto: Reprodução / Instagram

John Cusack afirma ter sido atacado pela polícia em protesto

Ator estava filmando as manifestações em Chicago, nos Estados Unidos

John Cusack afirma ter sido atacado pela polícia em protesto - Reprodução  / Instagram

A cidade de Chicago, nos Estados Unidos, está tomada por diversas manifestações que repudiam a morte de George Floyd, homem negro que morreu ao ser imobilizado pelo policial Derek Chauvin de forma violenta, apertando seu pescoço com o joelho contra o chão por mais de oito minutos, mesmo ele avisando que não conseguia respirar.  

Muitas pessoas ficaram revoltadas com o caso e mostraram seu descontentamento com a abordagem, fazendo estender protestos por todo o país e pelo mundo, com incêndios à delegacias, carros e estabelecimentos, desobediência ao toque de recolher imposto pelo governo, saques e até mortes.  

O ator John Cusack esteve filmando uma dessas manifestações, quando, segundo o que relatou em seu Twitter, foi atacado pela polícia. 

Ele estava de bicicleta na ocasião e os guardas foram atrás dele com cacetetes. Apesar de a agressão não ter sido registrada em vídeo, é possível ouvi-lo reagindo. 

"Os policiais não gostaram de me ver filmando um carro sendo queimado e vieram até mim com cacetetes. Bateram na minha bicicleta", disse ele. 

 

Na rede social, Cusack ainda mostrou seu apoio às manifestações e seu repúdio a Donald Trump. 

“Este pode muito bem ser o começo do fim da era repugnante de Trump. Graças a Deus, parece que muitas ondas de indignação vêm à tona, uma onda chegando", comentou. 

 

 

Micão

John Cusack, famoso por fazer filmes como Gatinhas e Gatões e Alta Fidelidade, se enrolou feio ao criar um grupo em uma rede social com 50 mulheres que conheceu em um aplicativo de namoro.

De acordo com o site Radar Online, o ator queria salvar o telefone das pretendentes em uma lista única de amigos no telefone, no entanto se complicou e adicionou todas elas em um mesmo grupo de conversa.

A fonte do jornal revelou que Cusack mandou uma mensagem logo em seguida, alegando que seu celular havia sido hackeado e então saiu do grupo.

Sem ele, as moças começaram a detonar o rapaz e trocaram as cantadas que receberam. Eita!

 

John Cusack compartilha foto polêmica e se justifica
John Cusack é alvo de magia negra. Saiba mais!





Notícias Relacionadas

14/12/2020 | 00h00m - Giovanna Prisco

Relembre as principais personagens de Vanessa Hudgens

18/06/2019 | 23h00m - Giovanna Prisco

John Cusack compartilha foto polêmica e se justifica

14/02/2019 | 23h00m - Flávia Ávila

John Cusack se atrapalha e cria grupo com 50 mulheres



Instagram

Instagram

OFuxico