Imprimir

Notícias

24/07/2020 | 17h35m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Johnny Depp fazia pressão psicológica em Amber Heard

Controlador, ator não apoiava os testes profissionais da atriz

Johnny Depp fazia pressão psicológica em Amber Heard  - Reprodução/Instagram

Johnny Depp e Amber Heard travam uma briga ferrenha na Justiça. De acordo com uma matéria feita pelo jornal The Guardian, uma amiga e professora de atuação da atriz, teria feito revelações assustadoras contra o astro da sétima arte, em seu depoimento no tribunal superior em Londres.

Kristina Sexton disse que em um determinado ensaio, Amber teria chegado com um olho roxo, e dito que ele a empurrava e fazia outras coisas. Em outra ocasião, a famosa deixou claro que o então marido na época, a queria descalça, grávida e em casa.

A artista ficava tensa nas audições dos projetos, com receio da reação do intérprete de Piratas do Caribe, já que ele fazia muita pressão na esposa, e reprovava a maioria dos seus testes, principalmente, os trabalhos que continham apelo sexual.

Relacionamento conturbado

O capítulo mais atual da briga judicial entre Johnny Depp e Amber Heard está se tratando de um julgamento após o ator de Piratas do Caribe processar o jornal britânico The Sun por chama-lo de “espancador de mulher” em 2018.

Na segunda-feira (20), a atriz de Aquaman compareceu a um tribunal em Londres para dar seu depoimento a favor do veículo, fazendo novas afirmações bombásticas e nada positivas sobre o astro.

Amber teria afirmado então que, em diversas ocasiões, o astro a ameaçou de morte, relatando um caso na qual Depp a segurou pelo pescoço e declarou: “Eu vou te matar e vou f*der seu cadáver”.

“Alguns incidentes foram tão graves que eu tinha medo que ele fosse me matar, intencionalmente ou apenas por perder o controle e ir longe demais. Ele ameaçou explicitamente me matar muitas vezes, especialmente mais tarde em nosso relacionamento”, afirmou Heard.

“Ele falou do nosso relacionamento estar 'vivo ou morto' e me disse que a morte era a única saída do relacionamento; a maneira como ele descreveria o que ele queria fazer comigo se eu o deixasse ou machucasse”, continuou ela.

“Por exemplo, machucando meu rosto para que ninguém mais me quisesse; e na forma de ele falar sobre outras pessoas de quem ele não gostava ou por quem se sentia ameaçado (detalhando como ele queria que alguém fosse torturado ou quão barato e fácil seria) mandar matar alguém”, concluiu Amber.

Ainda, durante seu testemunho, a atriz respondeu a perguntas sobre suas alegações de abuso feitas contra o ex-marido, na qual acusa o astro de bater nela diversas vezes entre 2013 e 2014.

Depp nega todas as acusações, chegando a declarar anteriormente em alguns momentos que na verdade a artista era quem batia nele.

Johnny Depp tem vídeo exibido em tribunal quebrando garrafa
Johnny Depp faz visita virtual a hospital vestido de Jack Sparrow





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico