Imprimir

Notícias

20/10/2020 | 17h45m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Divulgação

Kadu Moliterno está no elenco de Paixão de Cristo virtual

Raphael Viana e Miguel Rômulo também compõe o elenco da peça

Kadu Moliterno está no elenco de Paixão de Cristo virtual - Divulgação

Por conta da pandemia do novo coronavírus, foi adiada em abril 25ª edição do espetáculo Paixão de Cristo, da cidade de Floriano, interior do estado Piauí, acontecerá, nos dias 24 e 25 de outubro, às 20h.

Durante as apresentações, que serão online, no canal UFO Piaui, as pessoas poderão doar cestas básicas para as famílias do Sul do Maranhão e Piauí e ajudar na construção da Casa de Proteção aos Animais Shellyanna.

A encenação acontecerá no Teatro Cidade Cenográfica, sem a presença do público, mas contará com a presença de artistas conhecidos, como Raphael Viana, que viverá Pilatos, governador da Judeia; Kadu Moliterno, que
interpretará o rei Herodes Antipas, da Galileia; e Miguel Rômulo, o Caifás, o Sumo Sacerdote do Templo de Jerusalém.

“Apesar do momento difícil, não queríamos passar em branco com a 25ª edição e decidimos levar para as pessoas, essa linda história, de uma forma diferente. O ‘on-line’ é a saída dos tempos atuais. Estamos nos

habituando com a nova forma de relacionamento e eventos”, afirmou César Crispin, produtor do espetáculo.

Paixão de Cristo é organizado pelo grupo ESCALET (Grupo Escândalo Legalizado de Teatro), tem produção geral de César Crispim e conta com patrocínio do Governo do Estado do Piauí e da Prefeitura do Município de
Floriano.

Peão 'secreto' em A Fazenda? Diretor promete surpreender
Kadu Moliterno perde processo na Justiça contra Luana Piovani

Kadu Moliterno comenta possível retorno de Armação Ilimitada

 

E em uma live realizada com a revista Contigo, Kadu Moliterno falou sobre outra participação como ator: a volta da série Armação Ilimitada.

O seriado que fez enorme sucesso nos anos 1980, protagonizado por ele, André di Biase e Andréa Beltrão, ganharia formato de filme. Questionado se os filhos do ator, Kenui, Kawai e Lanai, conheciam o seriado, ele disse que sim e ainda revelou que eles haviam pedido para participar.

"Eu falei: 'Já acabou, meus filhos, porque terminou em 88, mais ou menos'. Aí eu prometi se caso a gente voltasse a fazer. Eles estão assistindo! Eu não posso prometer isso ao vivo aqui! Mas eu vou buscar uma maneira de colocar um deles, ou os três, numa cena qualquer", disse.

Kadu destacou que o planejamento estava em estágio avançado, mas com a pandemia, tudo mudou. E deu mais detalhes sobre o projeto.

"E o bacana é que o Jonas (Torres, que interpretava o personagem) seria o condutor da história, que é maravilhosa. Esse roteiro eu adoro e, mesmo quem não viu e não acompanhou Armação iria se divertir. Eu acho que é um filme para a família toda", disse.

Ele ainda enfatizou que, apesar do tempo, mantém o espírito aventureiro.

"O espírito é o mesmo. Sou o mesmo cara determinado, aventureiro, que não tem medo do trabalho. Quando a pessoa já acha que sabe tudo, ela toma um tombo violento. Aprendo muito com atores consagrados, com vários atores." 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico