Imprimir

Notícias

30/10/2020 | 02h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Kanye West comenta sobre transtorno bipolar

Candidato à presidência dos Estados Unidos falou do impacto que esses episódios têm na família

Kanye West comenta sobre transtorno bipolar - Reprodução/Instagram

Em entrevista com Joe Rogan em seu podcast, o rapper e candidato à presidência dos Estados Unidos, Kanye West, finalmente deu uma declaração pública sobre seus episódios maníacos do transtorno bipolar que sofre. E o cantor também comentou sobre o 'impacto terrível' que esses episódios têm tanto para ele quanto para sua família.

Kanye falou sobre seus comentários anteriores e a tentativa de aborto de sua primeira filha North, e também admitiu que Kim Kardashian tinha 'remédios nas mãos' enquanto eles falavam sobre a gravidez naquele momento.

"Eu choro quando tenho um episódio maníaco e fico ruim do estômago. Não gosto nem de falar em voz alta o que eu disse na Carolina do Sul", justificou.

"A ideia de... Estou tentando expressar isso de um jeito que seja seguro e proteja a minha família. As pessoas viram esse vídeo meu chorando, e algumas pessoas não sabiam o motivo", comentou.

O possível aborto de North não é o único assunto privado que Kanye revelou ao mundo durante um de seus episódios. Naquela época, West também admitiu a possibilidade de que não estaria vivo hoje se não fosse por sua mãe, que 'salvou' sua vida.

Kanye revelou sua luta pessoal dizendo: "Minha mãe salvou minha vida. Meu pai queria que eu fosse abortado... Mas minha mãe salvou a minha vida, não existiria um Kanye West porque meu pai era ocupado demais", afirmou.

A mãe do cantor morreu dia 10 de novembro de 2007, vítima de complicações de uma cirurgia estética. O pai do cantor, Ray West, de 71 anos, atualmente está em tratamento contra o câncer.

Publicação de Joe Rogan com Kanye West na web

Críticas pesadas da ex

 

Amber Rose namorou Kanye West no passado. Os dois estiveram juntos de 2008 a 2010 e começaram a sair quando o rapper terminou seu noivado com a estilista Alxis Phifer. 

Agora Rose revela sua frustração com o ex, marido de Kim Kardashian, e reclamou que durante 10 anos foi vítima de bullying. 

Para Amber, West não passa de um 'narcisista'. 

Em conversa ao canal No Jumper, no YouTube, a modelo, mãe de dois filhos, comentou: "Ele implicava comigo, fez bullying por 10 anos... Ele me chamava de prostituta. 10 anos depois. Me deixe em paz. Eu não falo sobre você. Obviamente isso surge nas entrevistas porque é uma grande parte do motivo de eu ser famosa, então tento dar boas entrevistas e não me envergonhar disso, mas ao mesmo tempo, tipo, 'Cara, me deixa em paz'. É isso que os narcisistas fazem, você compartilha dois anos com a pessoa, leva elas ao redor do mundo, compra joias, fala pro mundo o quanto a ama e a pessoa decide que não é o que ela quer. Eu decidi sair."
 

E Amber comparou Kanye - que está concorrendo a presidência dos Estados Unidos - com o atual presidente Donald Trump, já que acha que eles são parecidos. 

"Eu entendo porque ele ama o Trump, eles são como almas gêmeas, são a mesma pessoa. Quando ouço algo que Trump diz penso, 'Meu Deus, é o Kanye'. Provavelmente ele vê a si mesmo como Trump; é por isso que o apoia", disse. 

Amber disse anteriormente que ela sempre se sentia atraída por 'sociopatas narcisistas': "Precisei fazer terapia, e a terapeuta disse, 'Você atrai sociopatas narcisistas'. E não vou mencionar nomes. Mas alguns deles eram assim mesmo (...) Tipo 'Não, você não vai controlar meus movimentos, não vai me dizer o que usar, não vai me dizer onde tenho que ir ou quem será meu amigo. Não tenho tempo pra isso'".

Kanye West recria festas de Kim para comemorar seus 40 anos
Kim Kardashian ganha mais no Instagram que na televisão
Kim Kardashian se une ao elenco do filme Patrulha Canina







Instagram

Instagram

OFuxico