Imprimir

Notícias

29/06/2020 | 10h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Kanye West é o novo garoto-propaganda da GAP

O cantor assinou um acordo de 10 anos com a marca de roupas e acessórios

Kanye West é o novo garoto-propaganda da GAP - Reprodução/Instagram

Segundo o jornal New York Times, Kanye West é o novo garoto-propaganda da marca de roupas e acessórios GAP com sua própria coleção. O rapper assinou um contrato de dez anos para uma nova linha de roupas, batizada como Yeezy Gap. A nova coleção que será assinada por West e sua equipe é uma nova linha de roupas para homens, mulheres e crianças, e será lançada ano que vem. 

Kanye twittou confirmando a parceria: "YEEZY E GAP FORMAM PARCERIA #WESTDAYEVER". 

A esposa de Kanye, Kim Kardashian, escreveu no Twitter: "Se alguém conhece Kanye, sabe o quanto Gap e Yeezy significam para ele, para que esta parceria seja o sonho dele! Estou muito orgulhosa dele. Vocês vão amar o que eles tem reservado para todos! #WestDayEver". 

O cantor tem uma história antiga com a marca. Quando adolescente, Kanye trabalhou em uma loja Gap em Chicago e Mark Breitbard, chefe global da Gap Brand, disse em um comunicado à imprensa: 

"Estamos felizes em receber Kanye de volta à família Gap como um visionário criativo, baseado na estética e sucesso de sua marca Yeezy e definindo juntos uma parceria de varejo de nível superior". 

Segundo o New York Times, o acordo é de 10 anos, com a opção de renovação após cinco anos. 

A marca espera que a Yeezy Gap traga US$ 1 bilhão (R$ 5,4 bilhões) em vendas dentro de cinco anos e a empresa pagará royalties e patrimônio em potencial à Yeezy com base no desempenho das vendas. 

Kanye falou anteriormente de seu desejo de ser o 'Steve Jobs da Gap' e admitiu que não podia pagar as roupas quando trabalhava lá. 

Ele disse na época: "Quando eu trabalhava na Gap aos 15 anos, não acho que realmente desejasse fazer roupas, mas sempre senti que era isso que queria estar por perto. Adorava os tecidos, amava as cores, amava as proporções. A Abercrombie era muito cara para mim e a Gap era muito cara para mim. Embora eu trabalhasse na Gap, não recebia horas suficientes para obter um desconto porque trabalhava meio período, porque estudava no ensino médio", relembrou. 

Doação

 

Enquanto os protestos pela morte de George Floyd - ex-segurança que foi assassinado por um policial branco - seguem pelos Estados Unidos, infelizmente em alguns casos de forma nada pacífica, ações efetivas por melhorias têm sido feitas. Uma delas, por Kanye West. O rapper de 42 anos fez uma doação de US$ 2 milhões (equivalente a certa de R$ 10,2 milhões) para as famílias de Ahmaud Arbery, Breonna Taylor e George Floyd, três negros que foram assassinados nos Estados Unidos neste ano.
 

De acordo com um representante do marido de Kim Kardashian, a doação inclui um fundo para o pagamento de advogados e um plano de educação para cobrir totalmente as mensalidades da faculdade de Gianna, a filha de seis anos de Floyd. 

Vários famosos participam da onda de protestos que acontece nos Estados Unidos depois da morte de George Floyd. Contudo o caso não é isolado. Em fevereiro, o assassinato de Ahmaud Arbery, um homem negro de 25 anos, provocou grande comoção entre os americanos. Ele se exercitava na rua e foi alvejado por dois homens brancos, que estão presos. 

Em março, causou indignação a morte da técnica de pronto socorro Breonna Taylor, de 26 anos. Ela também foi morta pela polícia, em Louisville, no Kentucky. Ela levou oito tiros dentro do próprio apartamento - que os policiais acharam que fosse ponto de tráfico.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico