Imprimir

Notícias

22/10/2019 | 08h00m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Grosby Group

Kanye West é proibido de vender produtos na Jamaica. Entenda!

Cantor se apresentou no país no último final de semana

Kanye West é proibido de vender produtos na Jamaica. Entenda! - Grosby Group

No último final de semana, Kanye West realizou um culto especial na Jamaica, para promover o lançamento do seu próximo álbum, Jesus Is King.

Para comemorar sua visita surpresa à ilha do Caribe, o rapper lançou algumas peças novas em sua loja oficial online, incluindo uma jaqueta com a bandeira jamaicana, um boné com as palavras City of Kingston e uma camiseta com o selo jamaicano.

Porém, a ministra da cultura, gênero, entretenimento e esporte da Jamaica, Olivia Grange, compartilhou uma publicação em sua conta no Instagram e afirmou que Kanye e sua equipe estavam vendendo mercadorias com o símbolo jamaicano sem permissão, proibindo a venda.

"Chegou ao meu conhecimento que itens de vestuário estampados com símbolos e emblemas nacionais estão sendo oferecidos para venda online. Notei que Kanye West e membros de seu coral estavam usando itens com brasões semelhantes durante sua apresentação especial em Kingston na noite passada, mas eu não sabia na época que as roupas estavam sendo vendidas online. Não recebemos um pedido nem permitimos que nossos símbolos e emblemas nacionais sejam usados ​​comercialmente ou de outra forma. Desde então, solicitei a retirada dos itens e o fornecedor concordou em fazê-lo", escreveu ela.

Kanye West fala da 'atração magnética' que sentiu por Kim Kardashian





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico