Imprimir

Notícias

11/07/2020 | 11h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução

Kanye West fala da presidência e revela que teve coronavírus

O rapper deu uma entrevista à revista Forbes falando sobre suas intenções de concorrer à presidência dos Estados Unidos...

Kanye West fala da presidência e revela que teve coronavírus - Reprodução

Kanye West falou em uma nova entrevista à revista Forbes sobre seus planos de concorrer à presidência dos Estados Unidos e também revela que pegou coronavírus há alguns meses atrás.

O rapper alega na conversa com a revista financeira que encerrou relações com o atual presidente Donald Trump, a quem apoiou no passado e ressalta seu arrependimento sobre esse apoio:

"Estou tirando o chapéu vermelho com esta entrevista (...) [a presidência de Trump] me parece um grande desastre", reclama.

E Kanye alertou que ele não está preocupado em desviar potencialmente os votos negros de Joe Biden: "Essa é uma forma de racismo, supremacia branca e controle branco para dizer que todos os negros precisam ser democratas e assumir que eu vou dividir os votos. Joe Biden disse: 'Se você não votar nele, então você não é negro'... Bem, agindo como se não tivéssemos ouvido isso?", criticou. "Obama é especial. Trump é especial. Dizemos que Kanye West é especial. Os Estados Unidos precisam de pessoas especiais para liderar. Bill Clinton? Especial. Joe Biden não é especial.", alfinetou.

Kanye West é ameaçado pelo ex-segurança de processo


Sobre a crise do coronavírus, o cantor disse que teve a doença em fevereiro:

"Calafrios, tremendo na cama, tomando banho quente, assistindo vídeos que me dizem o que devo fazer para superar isso. Lembro-me de alguém me dizendo que Drake tinha o coronavírus e minha resposta foi que Drake não podia estar mais doente do que eu!", ressalta.

No entanto, seus pontos de vista sobre a vacina contra a Covid-19 são muito cautelosos e aparentemente mais religiosos:

"Muitos de nossos filhos estão sendo vacinados e paralisados ​​... Então, quando eles dizem que vamos acabar com a Covid com uma vacina, sou extremamente cauteloso. Essa é a marca da besta (...) querem colocar chip dentro de nós, fazer todo tipo de coisa, para que não possamos atravessar os portões do Céu. Sinto muito uando digo que eles, os humanos, tem o diabo dentro deles. E o mais triste é que nem todos nós chegaremos ao céu, alguns de nós não conseguirão", comentou.

Sobre outros assuntos relacionados à política Kanye disse na entrevista que estava analisando com sua equipe antes de dar sua opinião ou alguma solução para algum tópico de discussão.

Interesse real e sério

Segundo o programa de televisão Entertainment Tonight, é real e sério o interesse de Kanye West em concorrer à presidência dos Estados Unidos. O rapper anunciou no fim de semana que pretende entrar na corrida para a Casa Branca, embora ele ainda tenha de registrar seu nome como candidato à Comissão Federal de Eleições. Uma fonte contou ao programa que 'ele não está brincando sobre sua intenção de concorrer'.

"Kanye está dizendo às pessoas próximas a ele que seu anúncio de candidatura à presidência é sério. [Ele] brinca com a ideia há algum tempo e tem se dedicado cada vez mais à política. Kanye conversou com vários amigos poderosos ao longo dos anos sobre sua ideia e conseguiu seu apoio a portas fechadas".

A fonte acrescentou que a esposa de Kanye, Kim Kardashian, e sua família e amigos 'apóiam totalmente seu sonho de concorrer à presidência, pois sentem que ele tem mais a oferecer do que aquilo que as pessoas pensam'.

Kardashians! Relembre as maiores polêmicas da família!

Mas segundo a imprensa americana, Kanye, de 43 anos, ainda tem alguns obstáculos a enfrentar antes de poder entrar na corrida, já que  perdeu o prazo para aparecer no boletim de voto como candidato a um dos dois principais partidos - Democratas e Republicanos - o que significa que ele terá que concorrer como independente.


Kanye também perdeu o prazo para se inscrever como candidato em Indiana, Maine, Novo México, Carolina do Norte e Texas, por isso não aparecerá nas urnas nesses estados em novembro.

Kanye West lança single com Travis Scott e faz denúncia


O rapper ainda tem tempo para se registrar oficialmente em outros estados, mas cada um tem suas próprias regras para entrar na votação.

Kanye West falou pela primeira vez sobre concorrer à presidência americana em 2015, quando disse que faria campanha pelo cargo nas eleições de 2020, no entanto, no ano passado, adiou a data para 2024.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico