Imprimir

Notícias

05/03/2021 | 08h00m - Publicado por: Ester Jacopetti, colaboração para OFuxico | Foto: Divulgação/Sergio Borchat

Karen Junqueira sobre campanha contra a violência infantil: ‘Impactar’

Atriz conversou com exclusividade com OFuxico

Karen Junqueira sobre campanha contra a violência infantil: ‘Impactar’ - Divulgação/Sergio Borchat

Março é marcado por ser o mês da Mulher e para ressaltar a importância dessa data, o OFuxico entrevistou, com exclusividade, a atriz Karen Junqueira, que deu um importante passo ao falar sobre o abuso que sofreu ainda na infância. E hoje usa sua voz para defender uma causa mais que justa: o direito à uma infância tranquila e segura.  

#CuideDaInfancia

A campanha #CuidedaInfancia nasceu a partir de uma experiência dolorosa que a atriz passou quando tinha apenas 12 anos. Com o objetivo de alertar os pais, Karen lançou o projeto que foi acolhido em peso pela classe artística. 

“O principal objetivo da ação foi promover essa conscientização e falar do assunto, impactar de alguma forma o maior número de pessoas, e acredito que conseguimos atingir esse objetivo", iniciou.


"Fizemos um manifesto nas redes sociais com todos vestindo a camiseta com a mensagem #CuideDaInfancia e também preparamos um vídeo com dados, e uma mensagem minha sobre a importância desse cuidado e da educação sexual. A melhor maneira de participar da campanha é continuar a compartilhar o nosso vídeo e levantar o debate sobre a importância do cuidado e amparo à infância. Vamos disseminar e mais casos serão evitados e/ou denunciados”, disse a atriz, que disponibilizou vídeos em seu Instagram. 

Publicação de Karen Junqueira no Instagram

“Foi tudo muito recente, mas tenho recebido muitas mensagens de agradecimento, principalmente porque é um assunto pouco abordado e quase não existem ações de prevenção ao abuso, e que está muito ligado à educação sexual, e o olhar atento à criança. Muitos pais que acompanharam a ação ficaram chocados com os números que expusemos e estão cada vez mais entendendo a importância dessa conscientização, do cuidado à infância. Poder impactar essas pessoas e de alguma maneira promover essa conversa tem sido um avanço, ainda que pequeno, mas um passo necessário e importante para reduzir números absurdos”, explicou ela, sobre a repercussão da campanha. 

O número de mulheres que decidiram compartilhar suas experiências sofridas ainda na infância tem crescido, e consequentemente elas se sentem mais seguras para denunciar seus agressores. Esse movimento ajudou a atriz a tomar a iniciativa.

“Só nos unindo é que vamos conseguir ver uma mudança significativa nesse cenário machista que é a nossa sociedade", disse.

"Muitas mulheres começaram a me procurar para compartilhar suas histórias e também pais que não sabem como dialogar com seus filhos. Foi por conta dessa repercussão que tive a ideia de criar a campanha #CuideDaInfancia porque senti que precisava fazer algo a mais. Ainda que pequeno, mas com uma iniciação importante para a conscientização da importância desse amparo e cuidado à infância”, completou. 

Vítima de estupro, a influencer Mariana Ferrer foi um dos principais temas recentes na imprensa. O Estado falhou ao expor a vítima. Karen falou do assunto e disse que se sentiu insegura sobre se expor.

“Mas o objetivo de poder ajudar outras vítimas a se curarem com o poder da fala, foi muito maior. Há muito o que ser feito ainda para que estejamos seguras e amparadas juridicamente. O caso da Mariana abriu um precedente muito perigoso, mas não podemos deixar de falar e denunciar, temos que nos unir cada vez mais, é preciso estar atenta para que injustiças não sejam mais cometidas com as vítimas de abusos.”

“Nosso País sofre com um preconceito estrutural, de todo tipo... Promover educação e ações de conscientização é um passo importante, na minha opinião. Nós temos uma longa caminhada quando falamos de reverter cenário, mas os primeiros passos estão sendo tomados por movimentos importantes e necessários, isso precisa ser continuado e fortalecido”, afirmou.  

Marcado pelo mês das mulheres, março tem sido um mês de muitas reflexões e mudanças quando o assunto é liberdade e respeito.  

“As verdadeiras e grandes mudanças realmente levam um bom tempo para serem concretizadas, mas sem nos movimentar isso nunca vai acontecer. Acredito que muitos movimentos, como o feminismo, têm tido um papel fundamental para que esse cenário comece a se transformar. No longo prazo, enxergo um cenário bem melhor do que o de hoje, e acredito que ainda vamos ver e vivenciar muitas mudanças significativas”, respondeu esperançosa.

Pandemia 

É inevitável, mas a pandemia ainda é um tema muito presente na vida das pessoas, e será por muito tempo, infelizmente. Sobre o assunto, Karen se manifestou sobre como tem lidado com o número crescente de mortes diariamente. 

“É muito triste o cenário que estamos vivendo, com o número aumentando cada dia mais, com vidas e famílias que estão sendo desfeitas. Eu tenho feito o que a maioria vem fazendo que é se adaptar e se cuidar para que possamos passar por isso e aprender com tudo que estamos vivendo. São momentos difíceis e tem dias que procuro não ficar focada nos noticiários e tento pensar positivo e com esperança de que tudo fique bem.” 

Haja Coração

Karen Junqueira como Jéssica em Haja Coração, da TV Globo

No ar em Haja Coração, Karen relembra como foi interpretar a vilã Jéssica, e embora a novela tenha sido exibida há cinco anos, ela sabe muito bem os sentimentos que a personagem provocou, mas não só no público, mas nela mesma.  

“Todo tipo de sentimento, desde os bons que papel me trouxe, porque foi uma personagem importante na minha carreira e teve um papel fundamental para levantar o debate sobre o preconceito com portadores de deficiência física, e que não é muito falado, até os sentimentos mais pesados às cenas mais densas em que a Jéssica maltratava a Shirlei. Infelizmente existem muitas ‘Jéssicas’ ainda hoje. Mas eu acredito que cada vez mais esse tipo de comportamento maldoso, que só provoca o mal, não terá espaço, e não deve ter mesmo. Devemos repudiar qualquer tipo de preconceito.” 

“A Jéssica é uma personagem muito distante de quem eu sou, tive que estudar e pesquisar muitas referências para interpretá-la. Sempre que terminava as cenas em que ela cometia atrocidades com a Shirlei, eu saia com uma carga de energia muito pesada. Eu respirava fundo e me concentrava em tirar aquela energia de mim. Mas com certeza todo o esforço e trabalho valeu a pena, apesar dos grandes desafios, a Jéssica me mostrou resultados incríveis”, disse. 

Pronta para o trabalho, Karen está com um novo projeto que deve acontecer ainda este ano na televisão, mas infelizmente a atriz não pode dar detalhes sobre o assunto, “O que posso dizer é que estou bem feliz e animada”, concluiu.





Notícias Relacionadas

04/03/2021 | 11h00m - Soninha Vieira, colaboração para OFuxico

Caio Castro sobre Porshe Cup: ‘Treinando para dar o meu melhor’

03/03/2021 | 12h00m - Soninha Vieira, colaboração para OFuxico

Patrícia Poeta: ‘Mundo precisa de mais tolerância e empatia’

03/03/2021 | 07h00m - Larissa Mariano

Carla Prata sobre reality shows: 'Mostram seu interior'



Instagram

Instagram

OFuxico