Imprimir

Notícias

14/08/2020 | 17h00m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Katy Perry sobre ser mãe: ‘Há cinco anos, eu teria abortado'

Cantora de Smile falou de maternidade ao Los Angeles Times

Katy Perry sobre ser mãe: ‘Há cinco anos, eu teria abortado' - Reprodução/Instagram

Katy Perry está em uma das fases mais agitadas de sua carreira, pois ao final deste mês lançará o novo álbum de estúdio Smile e está prestes a dar à luz a sua primeira filha com Orlando Bloom.

Em entrevista ao Los Angeles Times, a cantora comentou sobre a maternidade, afirmando que antigamente, não sentia o chamado “instinto materno”, então por isso não gostaria de ter a filha.

“Cinco anos atrás, eu teria dito para tirarem esse bebê de mim. Mas eu tentei traçar os motivos dessa insegurança, e percebi que elas tinham a ver com a minha própria criação. Então eu reprogramei o meu pensamento. O nosso cérebro é muito maleável, podemos remodelá-lo quando quisermos”, afirmou ela, que também está ansiosa para a chegada da filha.

“Segurando o corrimão das escadas mais forte do que o normal. A mala para a corrida até o hospital quando a hora chegar já está pronta”, completou.

Ainda, ela comentou sobre as dores do parto, na qual garantiu que não está sentindo medo nenhum.

“Qualquer dor será temporária. Quero criar minha filha de maneira diferente que fui criada. Dando a ela mais liberdade de escolha e de pensamento”.

Ao final da entrevista, Katy também justificou o motivo de ter defendido Ellen DeGeneres após denúncias de assédio e ambiente tóxico nos bastidores do programaThe Ellen DeGeneres Show.

“Não queria prejudicar ninguém. Queria apenas falar de minha experiência própria. Tenho mais de 100 milhões de pessoas que me seguem no Twitter, então nem todo mundo vai concordar comigo. E não estou aqui para fazer com que todos concordem comigo”, declarou Perry.

Katy Perry arrasa no videogame no clipe de Smile. Confira!
Katy Perry mostra o barrigão em 'desafio da sexta-feira'

Katy Perry sobre depressão: 'Nada me tirava da cama'

 

Nesta sexta-feira (14), Katy Perry também deu uma entrevista para o jornal The Guardian e comentou sobre sua luta contra a depressão.

"Nada, nenhuma oportunidade, nenhuma pessoa me tirava da cama. Minha depressão apareceu em letargia, em falta de interesse. Tipo, eu simplesmente não me importava com nada. E não esperava por nada", disse ela.

A cantora chegou a ficar uma semana no Instituto Hoffman, onde fez tratamento para a doença.

Durante a entrevista, Katy também afirmou que há muita falta de empatia com os artistas.

"Definitivamente não há muita empatia ou compaixão em relação às pessoas que às vezes crescem ou tentam crescer na mídia. Porque crescer também significa fracassar. E eu tenho feito muitas quedas de cara no chão", afirmou.





Notícias Relacionadas

14/08/2020 | 12h46m - Giovanna Prisco

Katy Perry sobre depressão: 'Nada me tirava da cama'

13/08/2020 | 17h48m - Raphael Araujo

Katy Perry arrasa no videogame no clipe de Smile. Confira!

08/08/2020 | 15h32m - Flávia Ávila

Katy Perry mostra o barrigão em 'desafio da sexta-feira'



Instagram

Instagram

OFuxico