Imprimir

Notícias

23/07/2020 | 12h37m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Reprodução/Instagram

Kim Kardashian proíbe reality de mostrar crises de Kanye

Rapper tem distúrbio bipolar

Kim Kardashian proíbe reality de mostrar crises de Kanye - Reprodução/Instagram

Na última quarta-feira (22), Kim Kardashian quebrou o silêncio e revelou, por meio das redes sociais, que Kanye West tem distúrbio bipolar.

E segundo o site TMZ, a socialite ordenou que a produção do Keeping Up With The Kardashians fique fora da polêmica e não use o que tem acontecido nas últimas semanas.

Kanye chegou a afirmar, em sua conta no Twitter, que pretende se divorciar da esposa, mas fontes garantem que o desejo não é recíproco.

"Kanye estava lá por Kim durante o assalto em Paris. Ele largou tudo para ficar ao seu lado. Esse é o cara que Kanye é e esse é o cara que Kim ama. Kim estará lá por Kanye e, embora agora ele não a queira ao seu lado, ela está pronta para deixar tudo por ele quando ele estiver pronto”, disse um informante para o Entertainment Tonight.

Kim Kardashian rompe o silêncio sobre Kanye West

 

Recentemente, Kanye West contou por meio de sua conta no Twitter que tenta se separar de Kim Kardashian há dois anos e que a esposa já tentou interná-lo.

Na quarta-feira (22), Kim Kardashian se pronunciou por meio de seu Instagram Stories e contou que o rapper tem distúrbio bipolar.

"Como muitos de vocês sabem, Kanye tem um distúrbio bipolar. Quem tem isso ou tem um ente querido em sua vida sabe o quão incrivelmente complicado e doloroso é entender. Eu nunca falei publicamente de como isso nos afetou em casa, porque eu sou muito protetora dos nossos filhos e do direito de Kanye à privacidade quando se trata de sua saúde. Mas hoje, sinto que devo comentar sua saúde por causa do estigma e equívocos sobre saúde mental", começou ela.

Em seguida, a socialite contou que quem tem esse distúrbio precisa querer se tratar.

"Aqueles que entendem doença mental ou mesmo comportamento compulsivo sabem que a família não tem poder, a menos que o membro seja menor de idade. As pessoas que desconhecem ou estão distantes dessa experiência podem julgar e não entender que o próprio indivíduo precisa se engajar no processo de obter ajuda, por mais que a família e os amigos tentem", afirmou.

A empresária fez questão de elogiar o marido e afirmou que o que ele diz nem sempre corresponde às suas intenções.

"Eu entendo que Kanye está sujeito a críticas, porque ele é uma figura pública e suas ações às vezes podem causar opiniões e emoções fortes. Ele é uma pessoa brilhante, mas complicada, que, além das pressões de ser artista e negro, experimentou a dolorosa perda de sua mãe e precisa lidar com a pressão e o isolamento que é o seu distúrbio bipolar. Aqueles que são próximos a Kanye conhecem seu coração e entendem que suas palavras algumas vezes não se alinham com suas intenções".

Para finalizar, Kim pediu compreensão e empatia neste momento.

"Viver com desordem bipolar não diminui ou invalida seus sonhos e suas idéias criativas, por maiores ou impossíveis de serem alcançados por alguns. Isso faz parte de seu gênio e, como todos testemunhamos, muitos de seus grandes sonhos se tornaram realidade. Nós, como sociedade, falamos em dar graça à questão da saúde mental como um todo, mas também devemos dar às pessoas que vivem com ela nos momentos em que mais precisam. Peço gentilmente que a mídia e o público nos dêem a compaixão e empatia necessárias para que possamos superar isso. Obrigada a aqueles que expressaram preocupação pelo bem-estar de Kanye e por sua compreensão. Com amor e gratidão, Kim Kardashian West", concluiu.

Khloe Kardashian lança indiretas ao cunhado Kanye West
Após posts de Kanye West, rapper nega affair com Kim Kardashian





Notícias Relacionadas

29/10/2020 | 13h00m - OFuxico/Juliana Picanço

Kim Kardashian aluga ilha para comemorar aniversário

28/10/2020 | 16h00m - Giovanna Prisco

Khloé Kardashian sobre Covid-19: 'A tosse queimava'



Instagram

Instagram

OFuxico