Imprimir

Notícias

04/06/2020 | 23h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Kim Kardashian quer pagar gastos médicos de adolescente

Empresária ficou impressionada com a agressão sofrida por uma estudante

Kim Kardashian quer pagar gastos médicos de adolescente - Reprodução/Instagram

Kim Kardashian continua com seu ativismo social durante a pandemia do coronavírus, e principalmente após o assassinato de George Floyd. Agora a mulher de Kanye West se ofereceu para pagar as contas médicas de uma manifestante que perdeu uma parte da testa quando foi atingido por uma bala de borracha, durante os protestos contra a polícia.

A estrela de Keeping Up with the Kardashians se manifestou depois de ver uma imagem nas mídias sociais de uma garota com uma ferida na testa, que ela sofreu durante os protestos.

Kim enviou uma postagem para sua história no Instagram que dizia: "Uma bala de borracha disparada por policiais desfigura para sempre a cara dessa adolescente do ensino médio em um pacífico protesto em Minneapolis ontem. Um pedaço sangrento de sua testa caiu. Ela foi baleada à queima-roupa.", criticou.

E a estrela da realidade de 38 anos adicionou seu próprio texto ao lado do post, escrevendo: "Isso é de partir o coração e tão perturbador. Alguém sabe como posso entrar em contato com ela? Eu adoraria ajudar com os cuidados médicos dela se ela precisar", indicou.

Luta contra o racismo

 

Kim Kardashian também se pronunciou sobre a morte repugnante de George Floyd, em mãos de um policial branco de Minneapolis. Assim como muitos famosos estão indignados com as circunstâncias do assassinato desse homem, a mulher de Kanye West usou suas redes sociais para mostrar sua revolta.

Kim publicou uma carta em seu Instagram, dizendo:

"Durante anos, com todo assassinato horrível de um homem, mulher ou criança negra inocente, sempre tentei encontrar as palavras certas para expressar minhas condolências e indignação, mas o privilégio da minha cor de pele muitas vezes me deixou sentir que isso não é uma luta que eu realmente possa enfrentar como minha. Hoje não, não mais. Como muitos de vocês, estou com raiva. Eu estou mais do que irritada. Estou enfurecida e enojada. Estou exausta com a angústia que sinto ao ver mães, pais, irmãs, irmãos e filhos sofrerem porque seu ente querido foi morto ou injustamente preso por ser negro. Embora eu nunca conheça a dor e o sofrimento que eles sofreram, ou como é tentar sobreviver em um mundo cheio de racismo sistêmico, sei que posso usar minha própria voz para ajudar a amplificar as vozes que também foram abafadas por muito tempo", escreveu.

Kim finalizou a carta usando as hashtags: "#Blacklivesmatter (vidas negras importam) #justiceforgeorgefloyd (justiça para George Floyd) #justiceforahmaudarbery (justiça para Ahmaud Arbery) #justiceforbreonnataylor (justiça para Breonna Taylor)". Kim Kardashian West.

Kim Kardashian escreve carta e torna sua luta contra racismo
Kim Kardashian e Kanye West processam ex-segurança
Kim Kardashian quer pagar gastos médicos de adolescente





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico