Imprimir

Notícias

03/11/2020 | 15h15m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Lady Gaga marca Donald Trump em vídeo a favor de Joe Biden

Cantora do hit Rain On Me pediu votos contra o atual presidente e compartilhou no Twitter para o político ver

Lady Gaga marca Donald Trump em vídeo a favor de Joe Biden - Reprodução/Instagram

Sempre antenada nos assuntos atuais, Lady Gaga é bastante engajada social e politicamente, principalmente em relação aos Estados Unidos.

Por conta disso, ela está bastante ligada nas eleições presidenciais do país, e é declaradamente a favor da vitória de Joe Biden no resultado, que deve sair ao final desta terça-feira (03).

Porém, ela chocou a todos em seu perfil oficial no Twitter ao compartilhar um vídeo na qual fala em favor de Biden e marca Donald Trump na publicação.

“Falo para todas as mulheres e homens que tenham filhas, irmãs e mães, não importa como vocês se identifiquem, agora é a chance de vocês votarem contra Donald Trump, um homem que acredita que a fama dá a ele o direito de pegar uma de suas filhas, irmãs, mães ou esposas, por qualquer parte do corpo delas. Votem no Joe! Ele é uma boa pessoa”, disse ela no vídeo em questão.

Lady Xuxa! Loura se caracteriza como Lady Gaga em projeto publicitário
Blogueiro chama Lady Gaga de falsa e diz: ‘Tive importância na fama dela’

Sam Smith diz que é grato a Lady Gaga

Em uma nova entrevista em vídeo para a revista Vogue, Sam Smith fez um agradecimento à Lady Gaga. O cantor de 28 anos disse que foi ela quem o ajudou a descobrir sua identidade de gênero. 

No ano passado, Smith comentou que se considera uma pessoa 'não-binária' - pessoas que não se sentem nem homem, nem mulher e que podem se identificar como um terceiro gênero - e agora revelou que a cantora e ativista dos direitos LGBTQ o ajudou a se aceitar dessa maneira. 

"Gaga provavelmente é a razão pela qual eu me aceitei com o meu gênero. Quando eu tinha 15 anos e o The Fame foi lançado, eu estava obcecado com Lady Gaga. Ela me deu permissão completa para ser eu mesmo e me sentir orgulhoso disso. É uma forma de expressão, mas também é uma forma esquisita de proteção". 

Sam - que é abertamente gay - disse que a música de Gaga o ajudou a dizer aos 'valentões' de sua escola que 'ficassem longe dele', porque ele sabia que podia ser 'confiante e poderoso' em seu próprio corpo. 

Sam Smith reconhece que sua vida mudou quando ele decidiu 'abraçar' sua identidade de gênero depois de 'uma vida em guerra' com ele mesmo. 

Em outro momento do vídeo para a Vogue, Sam também discutiu como a maquiagem se tornou uma grande parte de sua jornada como intérprete não-binário.

 "Não importa o seu gênero, a maquiagem é uma forma de expressão, e me sinto bem. Para mim, a maquiagem se tornou mais e mais um jeito de expressar meu gênero", afirmou. 







Instagram

Instagram

OFuxico