Imprimir

Notícias

18/06/2020 | 19h50m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Lea Michele é chamada de 'pessoa tóxica e difícil'

A ex-atriz de Glee continua sendo acusada por seu comportamento com outras pessoas

Lea Michele é chamada de 'pessoa tóxica e difícil' - Reprodução/Instagram

Lea Michele continua no olho do furacão após ser acusada de comportamento racista por uma ex-colega de Glee. E parece que as coisas não vão mudar tão cedo, de acordo com o jornal New York Post.

Lea Michele perde patrocínio por comportamento racista

A ex-atriz de Glee ainda está lidando com a situação depois que diversas co-estrelas falarem sobre histórias horríveis do comportamento dela no set de várias produções, nas últimas semanas. E agora isso continua se espalhando, segundo a coluna PageSix, do jornal.

Nesse momento, algumas pessoas da indústria da beleza também estão criticando a atriz, chamando-a de 'pessoa tóxica' e 'difícil'.

A publicação revela que funcionários de grandes marcas estão relatando suas experiências com Lea.

Aparentemente, tudo volta ao ano de 2012, quando a atriz assinou um contrato de US$ 1 milhão para ser o novo rosto da L'Oreal na época. Uma de suas primeiras responsabilidades era dar uma entrevista curta sobre sua rotina de beleza - mas ela supostamente teria dado um 'show épico' na gravação.

A fonte disse: "Todas as perguntas e respostas foram concordadas antes, então ela só precisava responder cinco perguntas na frente da câmera sobre a rotina de seu cabelo para uma equipe da L'Oreal. Mas depois de duas perguntas, Lea disse que tinha acabado e saiu, deixando todos em choque. O chefe da L'Oreal perguntou se ela voltaria, e a mãe dela disse, 'Não, ela não voltará'. Ela é assim. Considerando como essa indústria é pequena, isso espalhou para as outras marcas", justifica o informante.

Lea Michele pede desculpas após ser acusada de racismo
Lea Michele é acusada de transfobia por atriz

Acusações

Samantha Ware, que apareceu em Glee com a cantora e atriz de 33 anos na 6ª temporada, criticou Michele por 'fazer de sua vida um inferno' enquanto trabalhavam juntas.

Samantha decidiu se pronunciar depois que Lea Michele usou seu Twitter para lamentar a morte de George Floyd, através do Movimento Black Lives Matter.

Samantha Marie Ware tweetou como resposta: "(RISOS) VOCÊ NÃO SE LEMBRA DE QUANDO FEZ MINHA VIDA UM INFERNO NA MINHA PRIMEIRA SÉRIE NA TV? PORQUE EU NUNCA ESQUECEREI. VOCÊ DISSE PARA TODO MUNDO QUE DEFECARIA NO MEU CABELO SE PUDESSE! ENTRE OUTRAS PEQUENAS AGRESSÕES TRAUMÁTICAS QUE ME FIZERAM QUESTIONAR MINHA CARREIRA EM HOLLYWOOD".

Outro ex-companheiro de elenco de Glee, Alex Newell, elogiou Ware por falar contra Michele.

Posteriormente a atriz respondeu às acusações, lamentando se algum momento chegou a ofender alguém e culpou sua imaturidade e privilégio na época:

"Eu claramente agi de maneiras que magoavam outras pessoas. Se foi a minha posição e perspectiva privilegiada que me levou a ser percebida como insensível ou inadequada às vezes, ou se era simplesmente minha imaturidade, peço desculpas pelo meu comportamento e por qualquer dor que possa ter causado", indicou.

Em sua declaração, Michele observou que estava prestes a se tornar mãe e tentou terminar com um tom de esperança:

"Ouvi essas críticas e estou aprendendo e, apesar de me desculpar, estarei melhor no futuro com essa experiência", escreveu "Todos nós podemos crescer e mudar, e eu definitivamente usei esses últimos meses para refletir sobre minhas próprias falhas".







Instagram

Instagram

OFuxico