Imprimir

Notícias

10/12/2020 | 09h37m - Publicado por: Juliana Picanço | Foto: Reprodução/Instagram

Leticia Spiller se desculpa após falar sobre assédio de Marcius Melhem

Atriz usou as redes sociais para esclarecer as suas falas que repercutiram na web

Leticia Spiller se desculpa após falar sobre assédio de Marcius Melhem - Reprodução/Instagram

Leticia Spiller usou as redes sociais para se pronunciar a respeito de uma entrevista que deu ao programa Reclame, da rádio Play FM. A atriz teve muitas de suas falas repercutidas depois de comentar sobre Marcius Melhem ser alvo de denúncias de assédio na Rede Globo.

A artista usou o Instagram na última quarta-feira (10) para se desculpar, reforçando que em nenhum momento apoiaria alguém que comete atos de abuso e que toda vítima precisa ser ouvida, acolhida e respeitada. 

Letícia Spiller causa polêmica ao comentar ‘caso Marcius Melhem’: ‘Tem bom coração’

"Jamais atacaria Dani Calabresa. Jamais colocaria em dúvida os seus relatos, o que ela passou. Se, por algum momento, deixei essa impressão, preciso me desculpar! E estou aqui pedindo desculpas. Desculpas ao público que me acompanha, aos meus colegas de trabalho, às mulheres, às pessoas que passaram por casos de abuso ou assédio. Desculpas à Dani e a todos os envolvidos neste caso, em especial. Eu preciso me expressar aqui de uma maneira que deixe claro o meu posicionamento em relação a esse assunto. E é isso que estou fazendo neste momento".

Leticia Spiller esbanja elasticidade e boa forma em dia de praia
Leticia Spiller posa com Marcello Novaes e fãs elogiam atitude

Letícia também aproveitou para esclarecer a sua fala sobre o colega. Durante a entrevista, a atriz afirmou que Melhem virou “mártir da situação” e que o conhecia como uma pessoa “querida e de bom coração”. 

“Sobre o meu comentário em relação a Marcius Melhem, eu o conheci na adolescência. É sobre aquele Marcius que falei. Não temos contato há anos. Assim como muitas pessoas ficaram chocadas com esses relatos, porque são de revirar o estômago, eu também fiquei. E eu espero que todos tenham ficado também, porque são situações de muito sofrimento para as vítimas”, explicou ela, que afirmou que estes fatos só reforçam uma dura realidade: “Agressor não tem cara, não tem róturulo”.

A artista continuou: “Aquela pessoa que está ao seu lado, bem-humorada e educada, com sorriso largo e boa conversa, pode ser a pessoa que está fazendo da vida de alguém um inferno. Por isso também que as vítimas se sentem acuadas e com medo de fazer as denúncias. Mais do que nunca, quem está do lado de fora, precisa lutar e criar uma rede de apoio para que as vítimas se fortaleçam, se encorajem. Isso afirmo e reitero”.

Letícia Spiller é aclamada por famosos ao posar com filhos
Letícia Spiller canta com a filha em novo projeto

Além disso, Spiller também criticou a demora para as vítimas falarem sobre o assunto. No Instagram, a atriz justificou que "disse como achava que ia se comportar, mas cada um tem seus motivos e seu tempo para se manter calado ou denunciar. E isso não tira - ou não deve tirar - a culpa de seu agressor", escreveu.

Para ver post original, clique aqui!

A atriz ainda aproveitou para falar sobre o assunto nos Stories, e se desculpou mais uma vez por toda a repercussão.

“Eu quis encorajar as mulheres a denunciarem, e foi por isso que eu manifestei a forma como eu talvez pudesse reagir se eu estivesse nessa posição. Eu falei que eu denunciaria o mais rápido possível. Mas a gente não sabe. Eu não quis julgar ninguém, porque eu sei que cada um tem o seu tempo. Eu sei da dificuldade que é para cada um até fazer uma denúncia”, explicou ela.

Letícia Spiller hipnotiza com show de elasticidade: ‘Deusa'
Letícia Spiller hipnotiza fãs em banho de cachoeira: ‘Vem sexta’

“Mil desculpas ao público que me acompanha que têm admiração pelo meu trabalho e pela minha pessoa, eu gostaria que isso permanecesse. Eu realmente não queria que isso tivesse repercutido dessa maneira. Fiquem na paz, espero que esse meu relato só dignifique a importância da denúncia”, finalizou.

Confira!

 

Entenda! 

Na noite da última terça-feira (8), Letícia Spiller participou de uma entrevista ao vivo ao programa de rádio Reclame, na PlayFm, mas acabou causando polêmica e sendo um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Quando um dos assuntos da entrevista foi o caso do ex-diretor da Globo Marcius Melhem, que foi acusado de assédio moral e sexual, Letícia disse que teve sorte de nunca ter sofrido isso e que achou a estranha a demora para as denúncias.

Letícia Spiller para Xuxa: 'Me perdoa'

"Eu tive a sorte de nunca ter sofrido esse tipo de coisa. Porque se eu tivesse sofrido, eu ia colocar a boca no mundo na hora, não iria esperar quatro anos. Por um lado, acho muito bacana que as mulheres terem mais voz, mas por outro acho que demorou muito pra fazer essa denúncia. Não concordo com essa demora em fazer essa denúncia tanto tempo depois. Quem tá vendo fica questionando por que demorou tanto", disse.

Mônica Salgado, uma das apresentadoras, afirmou que a denúncia era antiga, mas só agora veio à tona. Leticia Spiller disse que não sabia deste detalhe e lamentou ter uma notícia de uma pessoa que ela considera “querida e de bom coração”.

"Eu já ouvi outros casos de assédio, de diretores que abusam do poder para assediar uma jovem atriz, ou não, porque a gente soube de vários casos, de várias pessoas diferentes. Não só o Marcius. Tiveram muitos outros casos na empresa, que a gente sabe. Por outro lado, eu conheci o Marcius e nunca me pareceu uma pessoa que fizesse esse tipo de coisa tão agressiva. Uma pessoa muito querida, inclusive. É duro receber uma notícia sobre uma pessoa querida, de bom coração. Por outro lado, acho que as mulheres têm que ter coragem de falar, porque esse tipo de coisa não pode existir", afirmou.

Leticia Spiller esbanja elasticidade e boa forma em dia de praia

Assista o trecho da entrevista a partir do minuto 43:30 para ouvir o comentário de Leticia Spiller!





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico