Imprimir

Notícias

08/05/2020 | 02h00m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Mari Gonzalez transforma bordão usado no BBB20 em camiseta

Ex-BBB contou a novidade em seu Instagram

Mari Gonzalez transforma bordão usado no BBB20 em camiseta  - Reprodução/Instagram

Mari Gonzalez usou a criatividade e bolou a ideia de transformar o famoso bordão usado no Big Brother Brasil, em camiseta.

"Oie! Estou terminando de me arrumar e quero mostrar uma coisa para vocês que eu acho que vocês vão amar", comentou ela, mostrando em seguida a camiseta com a frase usada no reality show: “E tá tudo bem”.

A ideia é uma parceria com uma marca de roupa que vai doar o lucro para uma instituição que auxilia moradores de rua. Inclusive, a ex-sister já ajuda há muito tempo o espaço com o namorado Jonas Sulzbach.

Carreira

Mari Gonzalez está passando por um doloroso processo. É que a quinta colocada do BBB20, está fazendo um tratamento a laser, para remover uma de suas nove tatuagens.

“Fiz quando era muito nova e passei a ter dúvida se gostava ou não. Fui para fazer uma borboleta e sai com três e um galho de árvore com flores, que começa na cintura e termina nas costas! Estava removendo com laser e dói bastante, é um tratamento a longo prazo. Me arrependi de ter feito um desenho tão grande e muito colorido, o que se torna mais difícil de apagar. O meu conselho é pensar bem antes de fazer qualquer desenho no corpo. Hoje eu dou preferência a desenhos pequenos e na cor preta”, destacou ela, em entrevista para o Gshow.

A modelo destacou ainda, como faz para manter o corpo esbelto.

“Sempre gostei de me cuidar e acho que alimentação e malhação devem ser feitos em sintonia. Uma coisa não é independente da outra”, concluiu.

Mari Gonzalez sobre longa tatuagem: ‘Me arrependi’
BBB20: Mari Gonzalez responde recado de Anitta

Brilhar na TV

Mari Gonzalez é a mais recente eliminada do BBB20 e conversou com o site oficial do programa. Para quem não se lembra, ela já foi Panicat, no Pânico na TV, e até trabalhou como repórter na atração durante três anos.

Questionada sobre a possibilidade de voltar as telinhas e seguir o mesmo caminho que ex-BBB’s como Sabrina Sato, Ana Clara, Vivian Amorim e Fernanda Keulla, Mari Gonzalez não descarta.

“Quero continuar com o meu trabalho como digital influencer, me comunicando com as pessoas, que é o que eu amo fazer, e montar novos projetos também. E se aparecesse alguma oportunidade para trabalhar na TV, eu iria amar!”, afirmou.

“Eu quero organizar toda a minha vida. Eu não tenho nem metas e objetivos para 2020 ainda, meu ano vai começar agora! (risos)”, acrescentou.

Mari ainda relembrou de algumas confusões na casa e revelou que tinha “uma situação” com Rafa Kalimann, que vinha de antes do programa começar.

 “A minha opinião sobre a Rafa é independente da Bianca. Antes de entrar no BBB, eu já tinha algumas ideias sobre ela tiradas por mim mesma. E quando eu entrei na casa, decidi dar uma oportunidade a tudo isso, conversar com ela e apresentar o que eu penso. E assim fizemos. Quando houve a briga da Rafa com a Bianca, a Bia não sabia o que eu pensava porque eu não tinha falado com ninguém da casa, era uma coisa muito minha. Claro que depois nos sentimos à vontade para falar sobre isso e alguns pontos bateram. Mas ela não me influenciou nem eu a ela. Cada uma tinha seu próprio pensamento quanto a isso”, contou.

“Todas as pendências e conflitos que eu tinha com alguém eu fiz questão de conversar com a pessoa para a gente se entender. Com a Rafa conversei no início, durante o programa inteiro ficamos mais distantes, e nos acertamos agora no final. Com a Thelminha a gente logo sentou e se resolveu. Diversas vezes conversamos eu e Babu. E a Manu, apesar de eu querer muito conversar, ela não queria conversar comigo (risos). Mas depois nos falamos e ficou tudo bem. Eu sempre estive aberta ao diálogo. Para quem quisesse falar comigo, eu estava ali e disposta”, acrescentou.

Mari finalizou contando que sua torcida ficará para Babu nesta reta final e contou que via levar muitos aprendizados para sua vida.

“Eu tinha muita dificuldade de ouvir o outro, de me colocar no lugar. E lá dentro eu tentei fazer muito isso. Também aprendi a valorizar as pessoas. Durante o confinamento eu pensava muito na minha família, em todo mundo que eu tinha que agradecer. Eu acho que falei coisas desnecessárias, que não têm a ver comigo. Não sei o porquê, mas às vezes a gente se expressa mal, e eu me julguei muito por isso. Eu poderia ter tido mais cuidado com a forma de me expressar”, finalizou.





Notícias Relacionadas

08/05/2020 | 00h55m - Andreia Takano

Fox Premium traz final da 5ª temporada de Outlander

08/05/2020 | 00h12m - Michele Marreira

Maisa Silva se irrita com seguidora que a corrigiu na web



Instagram

Instagram

OFuxico