Imprimir

Notícias

04/02/2021 | 15h55m - Publicado por: Rita C.G. | Foto: Grosby Group

Mariah Carey é processada. Irmã pede fortuna por danos morais

Mariah Carey não imaginava que sua biografia lhe renderia um processo judicial de US$ 1 milhão movido pela própria irmã mais velha.

Mariah Carey é processada. Irmã pede fortuna por danos morais - Grosby Group

Parece enredo de filme. A irmã problemática de Mariah Carey, Alison Carey abriu um processo judicial acusando a cantora de expor detalhes de sua família apenas para fins publicitários. O livro The Meaning of Mariah (em tradução livre O Significado de Mariah) lançado em setembro de 2020. Não é a primeira vez que o clã dos Carey enfrenta escândalos envolvendo o seu passado. No ano passado a primogênita da família processou a própria mãe, Patricia Hickey.

A tititude de Alison apresenta uma gama de incoerências. A mesma mulher que denuncia a irmã por expor sua intimidade já processou a própria mãe por abuso sexual em sua infância.

O processo atual

Segundo o jornal New York Post, que publicou os depoimentos de Alison, de 59 anos, ela se sentiu difamada por Mariah, que em um dos capítulos de seu livro a acusa de tê-la drogado com Valium e deixá-la entrar no carro de seu namorado quando ele estava armado. O livro da estrela também revela que , na infância, ela foi maltratada por seus outros irmãos, e que o namorado de sua mãe ameaçou matá-la quando a mulher decidiu terminar o relacionamento.

Na denúncia, Alison Carey afirma que Mariah expos problemas muito íntimos e classificou a atitude da irmã como algo “cruel”: "O que ela fez foi sem coração, cruel, vingativa, desprezível e desnecessário. Uma humilhação pública", diz o documento, onde ela exige uma indenização de US$ 1 milhão (R$ 5,3 milhões).

Biografia na tela

Recentemente Mariah Carey respondeu aos boatos de que ela tem planos de fazer uma adaptação do livro para a televisão ou cinema. The Meaning of Mariah Carey é um dos livros mais vendidos este ano, segundo a Amazon.

Em entrevista ao programa The Tonight Show, de Jimmy Fallon, a cantora disse que adaptar seu livro para uma série de TV ou filme era seu plano desde o início.

"Eu realmente sinto que deveria. Esse sempre foi meu objetivo", disse. "Mas foi muito importante escrever o livro, primeiro porque há muito o que contar e depois escolher como o traduziríamos", explicou.

Lee Daniels, de Preciosa - Uma História de Esperança, é cogitado como diretor do projeto.

Procura-se uma Mariah para o filme?

“Nós amamos Lee. Ele é um dos meus amigos mais queridos e me entende de uma forma que a maioria das pessoas não consegue”, explicou Mariah.  "Mas não tenho permissão para dizer sim, não, talvez. "Só Lee pode dar maiores detalhes", afirmou.

E quanto a quem poderia ser digno de assumir o papel icônico de Mariah no projeto, a cantora admite que pode ser uma 'decisão difícil'. "Eu não sei. Estamos descobrindo diferentes abordagens sobre isso... Eles vão ter que ter um grande alcance", comentou.

Abuso sexual e rituais satânicos

Polêmicas e guerra entre irmãos sempre fizeram parte da vida dos Carey. Em agosto de 2020 Alison declarou que pretendia usar o Ato de Vítimas Infantis de Nova York para processar sua mãe, alegando que o suposto abuso causou PTSD (estresse pós traumático”, depressão e motivou o uso de drogas.


Em sua denúncia, Alison acusa a sua mãe de “permitir e encorajar” estranhos “a se envolverem em atos sexuais” quando ela tinha “aproximadamente 10 anos de idade”, alega a citação inicial.  

Ela diz ainda que a mãe também a forçou a “testemunhar adultos envolvidos em atos sexuais com adultos e crianças durante reuniões de adoração satânicas no meio da noite que incluíam sacrifícios rituais”. Não está claro o que mais essas “reuniões de adoração satânicas” e “sacrifícios rituais” envolviam.

Traumatizada com sua realidade, Alyson alega que começou sua triste história de uso de drogas “indevido de “drogas legais e ilegais na tentativa de suprimir as memórias horríveis e a submeter-se a um extenso aconselhamento profissional”, diz o processo.

“O demandante agora exige indenização por danos financeiros por imenso dano psicológico e físico, dor e angústia mental e inflição intencional de sofrimento emocional severo”, mostram os documentos.

A mãe da cantora de Fantasy - uma ex-cantora irlandesa-americana do Metropolitan Opera - não respondeu publicamente as acusações da filha.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico