Imprimir

Notícias

07/03/2021 | 04h00m - Publicado por: Rita García | Foto: Reprodução/Instagram

Mariah Carey é processada pelo próprio irmão

Depois de ser processada pela irmã, agora o irmão da cantora também pede indenização por danos

Mariah Carey é processada pelo próprio irmão - Reprodução/Instagram

Depois de ser processada por sua irmã Alison, por causa de seu livro biográfico 'The Meaning of Mariah Carey', a cantora agora está sendo processada também por seu irmão Morgan.

Segundo a revista Variety, ele decidiu tomar medidas legais por difamação e intenção de causar danos emocionais por causa da autobiografia de 2020 da cantora, que ele disse conter "comentários falsos" sobre a vida dele.

Documentos obtidos pela publicação afirmam: "Morgan entra com essa ação totalmente desapontado pela traição de sua irmã e pela falsidade dela para com eles. Ele não tem inveja do sucesso artístico e pessoal de sua irmã, ele tem seu próprio sucesso pessoal e profissional e sempre desejou o melhor para ela".

Ryca! Mariah Carey se joga em compras na Louis Vuitton

O processo inclui algumas passagens do livro que Morgan diz que são mentiras.

"Ele sofre de extrema angústia mental, raiva, ansiedade extrema sobre seu futuro e sua habilidade como provedor de sua família. Morgan teme pela sua reputação e capacidade, se sente envergonhado em meio aos seus amigos e familiares por ter tido sua vida pessoal perturbada e agora perdeu a alegria dos prazeres da vida", diz o documento.

Entre as partes do livro que Morgan citou, está a história da cantora de 51 anos sobre uma briga violenta dele com seu pai.

Mariah também escreveu que "nunca se sentiu segura" perto de seu "irmão problemático" por causa da "raiva imprevisível" dele.

E o processo diz que o dano causado pela cantora 'foi intencional', citando uma entrevista anterior que ela deu a Oprah Winfrey:

"Ela tentou prejudicar o requerente, dizendo que 'ele começou'. Ela também se referiu publicamente a ele como 'ex irmão'".

Mariah Carey é processada. Irmã pede fortuna por danos morais

Morgan não quer uma quantia específica, mas quer que os danos sejam reparados por "determinação judicial".

No passado, Morgan chamou Mariah de 'monstro' por ser insensível aos problemas de sua irmã Alison, que é HIV positiva, e não querer ajudá-la.

Ex de Mariah Carey contrai a covid-19 e é afastado de programa

Processada pela irmã


Parece enredo de filme. A irmã problemática de Mariah Carey, Alison Carey abriu um processo judicial acusando a cantora de expor detalhes de sua família apenas para fins publicitários. O livro The Meaning of Mariah (em tradução livre O Significado de Mariah) lançado em setembro de 2020. Não é a primeira vez que o clã dos Carey enfrenta escândalos envolvendo o seu passado. No ano passado a primogênita da família processou a própria mãe, Patricia Hickey.

A tititude de Alison apresenta uma gama de incoerências. A mesma mulher que denuncia a irmã por expor sua intimidade já processou a própria mãe por abuso sexual em sua infância.

Segundo o jornal New York Post, que publicou os depoimentos de Alison, de 59 anos, ela se sentiu difamada por Mariah, que em um dos capítulos de seu livro a acusa de tê-la drogado com Valium e deixá-la entrar no carro de seu namorado quando ele estava armado. O livro da estrela também revela que , na infância, ela foi maltratada por seus outros irmãos, e que o namorado de sua mãe ameaçou matá-la quando a mulher decidiu terminar o relacionamento.

Na denúncia, Alison Carey afirma que Mariah expôs problemas muito íntimos e classificou a atitude da irmã como algo “cruel”: "O que ela fez foi sem coração, cruel, vingativa, desprezível e desnecessário. Uma humilhação pública", diz o documento, onde ela exige uma indenização de US$ 1 milhão (R$ 5,3 milhões).





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico