Imprimir

Notícias

20/11/2020 | 12h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução / Instagram

Marido de Lori Loughlin se entrega na prisão

O esitlista Mossimo Giannulli terá que cumprir pena de cinco meses

Marido de Lori Loughlin se entrega na prisão - Reprodução / Instagram

O marido de Lori Loughlin, Mossimo Giannulli, se apresentou à prisão na quinta-feira, 19 de novembro, depois de se confessar culpado por sua participação no escândalo de admissão na faculdade. 

O estilista de 57 anos se entregou na presença de seu advogado na prisão Federal Correctional Institution, em Lompoc, Califórnia, segundo a revista US Weekly. Ele vai cumprir condena de cinco meses, enquanto Lori começou sua sentença de dois meses na Federal Correctional Institution em Dublin, Califórnia, no dia 30 de outubro. 

A ex-integrante da série Full House e Giannulli declararam-se culpados por acusações de fraude eletrônica e postal em 22 de maio. 

O acordo do fundador da grife Mossimo incluía pagar US$ 250 mil (R$ 1,3 milhão) e passar cinco meses na prisão. Depois de liberado, Giannulli deve completar dois anos de condicional e 250 horas de serviço comunitário. 

Durante os problemas legais do casal, que começaram quando eles foram presos em março de 2019 e acusados ​​de pagar para que suas filhas fossem aceitas na Universidade do Sul da Califórnia, seu relacionamento foi testado. 

“Isso definitivamente abalou as coisas em seu relacionamento, e não para melhor, mas eles vão superar isso.  "Eles cumprirão seu tempo e então decidirão como família como seguir em frente”,  disse uma fonte à Us Weekly. 

Na prisão

Lori Loughlin se entregou semana passada na penitenciária de Dublin, Califórnia, para cumprir seus dois meses de prisão por seu envolvimento em fraude universitária, mas a atriz tem esperanças de ter a pena reduzida por bom comportamento e espera passar o Natal em casa. 

A ex-estrela de Fuller House deu entrada na Federal Correctional Institution dia 30 de outubro para começar sua sentença de dois meses e segundo funcionários do Federal Bureau of Prisons confirmaram, sua libertação está marcada para dia 27 de dezembro, mas como essa data cai em um domingo, Loughlin provavelmente terá permissão para sair em liberdade alguns dias antes. 

De acordo com o jornal New York Post, ela pode estar em casa na véspera de Natal, já que o dia de Natal é um feriado nacional. 

A penitenciária de Dublin é a mesma onde Felicity Huffman cumpriu pena de duas semanas de prisão, e saiu no 11º dia, pela mesma acusação. 

Assim que for libertada, Loughlin ainda terá que passar dois anos em liberdade provisória, pagar uma multa de US$ 150 mil (R$ 815 mil) e completar 100 horas de serviço comunitário. 

Seu marido, Mossimo Giannulli, também foi condenado a cinco meses atrás das grades depois que eles foram considerados culpados de oferecer suborno para ajudar suas filhas a entrar na Universidade do Sul da Califórnia (USC).

Lori Loughlin tem chorado muito na prisão, diz revista
Lori Loughlin se entrega na prisão para cumprir pena
Lori Loughlin quer lucrar com ida à prisão







Instagram

Instagram

OFuxico