Imprimir

Notícias

08/12/2020 | 04h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Meghan Markle prepara sala de aula para o filho

Revista diz que a Duquesa de Sussex quer iniciar o filho em classes de estimulação

Meghan Markle prepara sala de aula para o filho  - Reprodução/Instagram

Segundo a revista OK!, Meghan Markle tem estado ocupada em sua casa em Santa Bárbara acompanhando as reformas da sala recreativa do filho Archie Harrison. Uma fonte contou que entrando 2021 ela pretende iniciar o filho em aulas de estimulação de acordo à sua idade, e está bastante entusiasmada preparando tudo. 

A amiga da Duquesa de Sussex, Jessica Mulroney, tem apoiado Meghan na decoração e preparação da sala com tudo o que o menino de 19 meses precisa para sua aprendizagem. 

"Talvez ela escolha o método Montessori para Archie", afirmou o informante. 

No método de ensino Montessori, criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori (1870-1952), a criança é exposta a um ambiente limpo,  ordenado e simples, oferecendo a ela a liberdade de se desenvolver dentro de seus limites, e se envolver em um trabalho interessante e livremente escolhido, que promove longos períodos de concentração que não devem ser interrompidos. 

A fonte da revista contou ainda que Harry e Meghan não poderiam estar mais felizes com sua nova vida, embora existam ainda conflitos para Harry, que continua sendo pressionado pela família real para sua volta ao Reino Unido. 

"Mas Harry está realmente gostando da vibração de Santa Bárbara após a mudança... Ele estava extremamente infeliz em Los Angeles", disse o informante. 

Harry e Meghan causam mal-estar com a Rainha Elizabeth
Príncipes William e Harry 'fogem' de série The Crown

Problemas com a rainha

O acordo com a Netflix assinado por Meghan Markle e o príncipe Harry se mostrou crucial durante o chamado 'Megxit' (saída dos duques de Sussex como membros-senior da realeza). De acordo com um expert real a decisão deles de assinarem com a plataforma supostamente incomodou bastante a rainha Elizabeth II. 

Segundo o jornal The Mirror, a monarca inglesa teme que a decisão deles de trabalharem com a plataforma de streaming americana vai falar ainda mais sobre sua nova vida. 

Em março próximo, membros da realeza vão se juntar para revisar os termos desse acordo que foi feito em janeiro. 

A rainha, o príncipe Charles e o príncipe William vão ver a situação mais de um ano depois do chocante anúncio do casal, e o acordo com a Netflix que supostamente vale R$ 798 milhões também deve ser debatido. 

O comentarista da realeza, Richard Fitzwilliams, disse ao jornal Express que acredita que esse milionário contrato torne as coisas ainda mais difíceis para o casal. 

"Harry e Meghan vai lançar sua fundação sem fins lucrativos, Archewell, assim que a pandemia permitir. Eles são financeiramente independentes agora, e pretendem se envolver nesse planejamento de seu acordo com a Netflix. Vão questionar o trabalho que eles planejam fazer, especialmente dado o retrato ruim que a série da Netflix, The Crown, pintou da família real em sua quarta temporada". 

Conversando sobre a revisão do acordo, uma fonte do palácio disse no começo desse ano: "A família real e os Sussex concordaram com uma revisão inicial de 12 meses para garantir que o arranjo funcione para todos". 

De acordo com fontes, o casal não consultou seus parentes antes de assinar com a Netflix.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico