Imprimir

Notícias

01/08/2020 | 12h15m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Reprodução/Instagram/@morbidofest

Morre diretor do filme O Expresso da Meia-Noite aos 76 anos

A causa da morte ainda não foi informada

Morre diretor do filme O Expresso da Meia-Noite aos 76 anos - Reprodução/Instagram/@morbidofest

Responsável pela direção de clássicos do cinema como Evita, O Expresso da Meia-Noite, The Commitments - Loucos pela Fama e Mississipi em Chamas, Alan Parker morreu em Londres, aos 76 anos, na sexta-feira-feira (31).

"Estamos profundamente tristes com a morte de Alan Parker nesta manhã", lamentou o Instituto Britânico de Cinema (British Film Institute), do qual o cineasta era ex-presidente, em mensagem no Twitter.

De acordo com familiares, Parker morreu após sofrer anos com uma doença, que não foi informada.

Natural de Londres, na Inglaterra, ele foi redator publicitário. Depois passou para a direção de comerciais e enveredou pelo cinema na década de 1970.

Alan Parker foi indicado diversas vezes em premiações como Oscar, Bafta e Globo de Ouro. Seu último filme com diretor foi A Vida de David Gale, lançado em 2003.

Em 1984, Parker foi homenageado pela Academia Britânica com prêmio Michael Balcon Award por sua contribuição ao cinema. Em 2013, foi novamente reconhecido por seu trabalho e recebeu o Bafta Fellowship, prêmio entregue pela Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão.

"Quando você faz seu primeiro filme, tem certeza que será o seu último. E então você aperta os olhos e de repente, quarenta anos depois, você está no Bafta ganhando um prêmio como este", disse, em comunicado, ao receber a honraria.

Ele era casado com Lisa Moran-Parker. O cineasta deixa cinco filhos e sete netos.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas lamentou a morte de Alan

"Seu trabalho nos entretinha, nos conectava e nos dava um grande senso de tempo e espaço. Um talento extraordinário, sentiremos muita falta."





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico