Imprimir

Notícias

06/07/2020 | 12h38m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Reprodução

Morre o compositor italiano Ennio Morricone

Ele era autor de trilhas sonoras de filmes aclamados e vencedor de dois Oscars

Morre o compositor italiano Ennio Morricone - Reprodução

A música mundial perdeu um dos maiores compositores de trilha sonora. O italiano Ennio Morricone morreu nesta segunda-feira (06), em Roma, aos 91 anos. Ele estava hospitalizado após ter fraturado o fêmur em uma queda.

Advogado e amigo da família, Giorgio Assuma emitiu um comunicado destacando que o compositor faleceu reconfortado pela fé, totalmente lúcido e com uma grande dignidade até o último momento.

Ele fez o próprio obituário

Segundo Assuma, o maestro queria escrever sobre sobre si e sua morte em primeira pessoa. No texto, Morricone se despede de sua esposa, Maria Travia, de seus filhos, netos, amigos e do diretor de cinema Giuseppe Tornatore e declara seu amor.

"Ennio Morricone está morto. Anuncio a todos os amigos que sempre estiveram próximos de mim e também aos que estão um pouco distantes e os saúdo com muito carinho.

Impossível nomear a todos. Mas uma lembrança especial vai para Peppuccio e Roberta, amigos fraternos muito presentes nos últimos anos de nossa vida. Há apenas uma razão que me leva a cumprimentar todos assim e a ter um funeral privado: não quero incomodá-los.

Saúdo calorosamente Inês, Laura, Sara, Enzo e Norbert por terem compartilhado grande parte da minha vida comigo e com minha família. Quero lembrar com carinho as minhas irmãs Adriana, Maria, Franca e seus entes queridos e que elas saibam o quanto eu as amava.

Uma saudação completa, intensa e profunda aos meus filhos Marco, Alessandra, Andrea, Giovanni, minha nora Monica e aos meus netos Francesca, Valentina, Francesco e Luca. Espero que eles entendam o quanto eu os amava.

Por último, mas não menos importante (Maria). Renovo a você o extraordinário amor que nos uniu e que lamento abandonar. Para você, o adeus mais doloroso."

Vasta e premiada obra

Entre as mais de 500 trilhas sonoras para cinema e televisão em seu currículo, estão composições para Três Homens em Conflito, A Missão, Era Uma Vez na América, Os intocáveis, Cinema Paradiso, entre outros.

Em 2016, venceu o Oscar pela trilha sonora do filme Os Oito Odiados, de Quentin Tarantino. Em 2007, já havia recebido um Oscar honorário por sua carreira musical. 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico