Imprimir

Notícias

14/08/2020 | 09h15m - Publicado por: Flavia Almeida | Foto: Reprodução

Mulher quebra obra mais cara de Romero Britto: ‘Eu te respeitava’

Ela o acusa de ter destratado seus funcionários

Mulher quebra obra mais cara de Romero Britto: ‘Eu te respeitava’ - Reprodução

Na noite de quinta-feira (13), só se falou em Romero Britto. O artista plástico brasileiro, famosos no mundo todo por suas obras coloridas, teve uma de suas obras mais caras destruída por uma cliente, em sua própria loja, em Miami.

Na ocasião, a mulher, que não teve o nome revelado, chega a uma sessão de autografo que está sendo dada pelo pintor em uma de suas galerias de artes, em Miami, nos Estados Unidos, e adquire a peça mais cara do atelier do pernambucano, a escultura chamada de Big Apple. Ela destrói o item, jogando-o ao chão, diante do artista, após acusá-los de maus tratos aos funcionários do restaurante do qual ela é proprietária.

"Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante e ofenda minha equipe outra vez, eu te respeitava como artista", grita.

Assustado, Romero Britto tenta segurar o objeto com a mão, mas não consegue e acaba escutando tudo calado.

 

Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro

O mais reconhecido do Brasil

Romero Francisco da Silva Britto nasceu em 6 de outubro de 1963, em Recife, Pernambuco. Sua mãe era dona de casa e o pai policial, numa família grande e pobre. Muitos de seus familiares morreram antes mesmo de chegar a adolescência. Britto, o número 9 dos 12 irmãos foi o penúltimo que sobreviveu.

Hoje, Romero Britto é o artista plástico vivo mais reconhecido do Brasil, tendo sua lista de obras como um símbolo de contemporaneidade, um misto do pop art e cubismo, em figuras com tons vibrantes.





Notícias Relacionadas

23/01/2020 | 10h26m - Giovanna Prisco

Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro



Instagram

Instagram

OFuxico