Imprimir

Notícias

07/01/2015 | 11h28m - Publicado por: O Fuxico | Foto: Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo

Nicette Bruno dispara: ‘Ser artista é um ato de resistência no Brasil!’

Com quase 70 anos de profissão, atriz fala das dificuldades de trabalhar na área no país

Nicette Bruno dispara: ‘Ser artista é um ato de resistência no Brasil!’ - Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo

Não é fácil alcançar sucesso no Brasil quando se é artista. Apesar do aumento dos incentivos para produções culturais, o reconhecimento pelo trabalho chega para poucos, normalmente os que passam anos trabalhando em projetos pequenos e com toda a instabilidade que assola a profissão.

Nesta quarta-feira (7), dia em que completa 81 anos, Nicette Bruno foi convidada a participar do Encontro, apresentado por Marcos Veras, Lair Rennó e Ana Furtado durante as férias de Fátima Bernandes, e falou sobre as dificuldades do trabalho por aqui.

“Ser artista no Brasil é um ato de resistência. Ser paciente e ir à luta é uma necessidade básica para quem quer entrar na profissão. Graças a Deus, estou nesse caminho há muitos anos!”, contou a atriz, que já tem 67 anos na área.

Viúva de Paulo Goulart, a atriz volta aos palcos em 2015 com a segunda temporada da peça Perdas e Ganhos, baseada no monólogo homônimo de Lya Luft, em que é dirigida pela filha, Beth Goulart e presta uma homenagem ao ex-marido.

Mãe e filha! Nicette Bruno e Beth Goulart desembarcam no Rio de Janeiro
Nicette Bruno sobre envelhecimento e rugas: 'Sou muito tranquila com relação a isso'
Reconhecimento! Nicette Bruno recebe homenagem, no Rio
Nicette Bruno assiste a show de cantora cubana em São Paulo







Instagram

Instagram

OFuxico