Imprimir

Notícias

25/06/2020 | 08h00m - Publicado por: Miguel Arcanjo Prado | Foto: Divulgação

Onda de demissões na Globo apavora os ainda contratados

Nova fase da emissora carioca assusta astros e estrelas

Onda de demissões na Globo apavora os ainda contratados - Divulgação

O status de estrela global parece estar por um fio para muitos grandes nomes da TV Globo após a onda de demissões que assola a emissora carioca neste ano. Tanto que muitos astros e estrelas estão apavorados.

Em meio à crise econômica no campo da comunicação, que se agravou com a pandemia, o canal carioca impressionou o público ao abrir mão de talentos do quilate de Aguinaldo Silva, Miguel Falabella, Stênio Garcia, Zeca Camargo e Vera Fischer.

Nos últimos anos, a emissora já havia demitido estrelas como Malu Mader, Pedro Cardoso, Giulia Gam, Maitê Proença e Carolina Ferraz, recentementeo contratada pela Record.

Os demitidos deixaram de ter contrato fixo com a Globo, bem como os vultosos salários que recebiam. Mas, os que saíram bem e sem fazer estardalhaço na imprensa, sobretudo em emissoras rivais, ou processar a Globo, poderão voltar em trabalhos por obra.

Nestes novos trabalhos não terão mais direitos trabalhistas como férias, décimo terceiro salário ou mesmo ganhar salário milionário para ficar na geladeira. Agora é: trabalhou, pagou. Terminou a obra, fim de contrato. Os tempos de benesses e fartura ficaram no passado.

Tal mudança no comportamento da Globo acendeu o sinal vermelho para astros e estrelas que ainda têm contrato à moda e que pouco a pouco são chamados para renegociação. Todos estão morrendo de medo de serem chamados para uma conversa no departamento pessoal, na qual ou aceitam reduzir drasticamente seus salários ou a porta da rua é apresentada como serventia da casa.

Nomes com farta trajetória nas produções globais, como a veterana Susana Vieira, temem os cortes, mas estão fazendo de tudo para permanecer na casa. A reportagem apurou que Susana inclusive fez chegar à direção da Globo a informação de que fará o que for preciso para permanecer com seu crachá de estrela global.

Para tanto, lembrou que, em idade avançada, aceitou participar da patinação no gelo no Domingão do Faustão, obedecendo a um pedido da direção do canal. Na época, ela até se machucou e precisou deixar a atração. Susana deixou claro que “o que a Globo mandar ela obedece”. E isso foi muito bem-visto nos bastidores.

Ao lado dela estão artistas como Glória Pires, Antonio Fagundes e Tony Ramos, todos muito queridos dos telespectadores, sobretudo das donas de casa que acompanham as novelas. Eles são considerados exemplos de funcionários, tanto pelo profissionalismo quanto pelo comprometimento com as obras que integram. Não são como a nova geração que se atrasa para fazer propaganda no Instagram.

Assim como Fernanda Montenegro, Renata Sorrah, Patrícia Pillar, Ary Fontoura, Christiane Torloni, Marieta Severo, Marco Nanini e Claudia Raia, fazem parte do seleto time que a Globo pretende manter.

Alguns nomes veteranos estão tendo drásticos cortes salariais, mas a Globo os mantêm contratados para terem direito ao plano de saúde, algo muito importante sobretudo para os artistas mais velhos.

Bastidores da Globo estão tensos com onda de demissões

Já atores contratados da nova geração, vêm nos últimos meses buscando incessantemente diretores, autores e produtores de elenco no intuito de serem escalados e garantirem sua permanência na emissora.

Dentro da Globo, o corte de artistas com salários milionários não é visto com maus olhos.

Afinal, os funcionários que ganham menos esperam que, com a redução de gastos na folha de pagamento, a Globo desista de dispensar produtores, maquinistas, câmeras, contrarregras e outros funcionários de ganhos mais humildes e que não tem tantas chances de se recolocarem no mercado quanto um famoso.

Briga entre Globo e Fifa pode 'miar' transmissão da Copa de 2022

 

Ary Fontoura brinca: ‘Tudo velho está ficando novo, menos eu’


Angela Ro Ro: 'Não tenho vergonha de pedir'





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico