Imprimir

Notícias

25/02/2019 | 10h35m - Publicado por: Victória Xavier | Foto: Divulgação

Oscar 2019 | México, Pantera Negra e Lady Gaga

Netflix, um super-herói negro e uma mulher poderosa foram os destaques da festa

Oscar 2019 | México, Pantera Negra e Lady Gaga  - Divulgação
O Oscar 2019 foi marcado pela diversidade, pelo pop, pela quebra de barreiras. Pantera Negra levou três prêmios, mais mulheres subiram ao palco, o diretor mexicano de uma produção original Netflix viu seu filme levar três estatuetas importantes e a pluralidade foi aplaudida de pé. 
 
Apesar de a cerimônia não ter entregue o Oscar de melhor filme para Roma - que assim como A Favorita, Vice e Infiltrado na Klan merecia muito mais do que o vencedor Green Book: O Guia - , a edição de 2019 da premiação teve uma energia mais leve e muito mais diversa do que nos últimos anos. Apesar de ter amado Green Book e as atuações de Mahershala Ali, que levou seu segundo Oscar como melhor ator coadjuvante, e Viggo Mortensen, acredito que a Academia perdeu a chance de expandir seus próprios horizontes e mostrar que, assim como quem assiste ao Oscar, está aberta à mudanças e aos novos tempos.
 
Sem um apresentador fixo, o Oscar optou por colocar atores de todas as idades, gêneros e etnias, ao lado de músicos, esportistas e até mesmo um político, para apresentar as categorias da premiação mais importante do cinema, trazendo uma mistura mais jovem e dinâmica, com um 'timing' muito melhor do que a cerimônia de 2018. Ano passado, a festa se arrastou madrugada adentro e poucos aguentaram acordados para ver Guillermo Del Toro premiado por A Forma da Água. 
 
A torcida por Pantera Negra fez barulho nas redes sociais e os fãs ficaram mais do que satisfeitos ao ver um filme da Marvel, protagonizado por negros e enaltecendo a cultura africana, levando três estatuetas para casa: melhor trilha sonora, figurino (sendo esse o primeiro para um profissional negro) e direção de arte, também marcando o primeiro Oscar para uma mulher negra nessa categoria. 
 
Contrariando muitas apostas, que já davam como certa a vitória de Glenn Close como melhor atriz por A Esposa, Olivia Colman levou um dos principais prêmios da noite por sua atuação em A Favorita e o fez por merecer. Apesar de Close ser um monstro atuando, Colman entregou com genialidade o papel da Rainha Anne, que governou a Inglaterra no começo do século 18. Além do fator merecimento, a campanha de A Favorita foi muito mais forte e intensa do que a de A Esposa, que simplesmente não existiu.
 
Quem também comemorou foi Rami Malek. Mostrando que seu talento vai muito além de Mr. Robot, o papel de Freddie Mercury lhe rendeu o prêmio de melhor ator por Bohemian Rhapsody. Com uma bilheteria fenomenal, o tão falado 'filme do Queen' deve grande parte de seu sucesso a Malek, que se jogou em um papel difícil, delicado e que poderia elevar sua carreira a um outro nível, como elevou, ou afundá-la diante do público e dos críticos. Com direito a declaração para Lucy Boynton, parceira de filme e atual namorada, Malek pode dormir abraçado com seu Oscar e com a sensação de dever cumprido.
 
Um dos pontos altos e aguardados da noite, foi a apresentação de Lady Gaga e Bradley Cooper. Cantando "Shallow", eles arrepiaram a plateia e o público de casa, que mal podia esperar para assistir ao vivo os dois interpretando a música que deu a Gaga o Oscar de melhor canção. Emocionada, seu discurso foi embalado por uma respiração ofegante e muitos agradecimentos para quem a ajudou a chegar até ali.
 
Equilibrado e mais acessível, o Oscar 2019 conseguiu transpor algumas barreiras, ampliou o campo de visão da Academia e apontou para uma direção mais plural, com mais representatividade e mais espaço para o admirável mundo novo.
 




Notícias Relacionadas

12/04/2019 | 18h00m - Victória Xavier

Crítica | O Date Perfeito

12/04/2019 | 17h44m - Victória Xavier

Star Wars Episódio IX ganha teaser e título oficial



Instagram

Instagram

  • Repost Instituto Pilates Moema
No instituto Pilates Moema o Pilates é para todos!
Lá, a equipe de profissionais monta um programa adequado a cada um de seus pacientes, o que permite a prática de forma segura, prosseguindo para o tratamento personalizado, respeitando as particularidades e limitações de cada indivíduo. Eles possuem Pilates para gestantes, homens, mulheres, crianças, 3º idade e muito mais!
Entre em contato com o Instituto Pilates Moema e ganhe uma sessão experimental:
☎ : (11) 5093-3968 | (11) 5093-3970 📱 : (11) 93802-4193
📍 : Av. dos Eucaliptos 660 - Moema/SP @rafa__gimenes
  • @galisteuoficial levou o filho, Vittorio, para ver a pré-estreia de #ToyStory.
Foto: Marcos Ribas/Brazil News
  • Famosos conferiram a pré-estreia do filme #ATurmadaMonicaLaços, que ocorreu no cinema do shopping New York, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Quem aqui está curioso para ver a produção nas telonas? 
Foto: AgNews
  • @fatimabernardes foi conferir o show do cantor Rubel, na casa de espetáculos Vivo Rio, no Rio de Janeiro. A apresentadora, que estava sem a companhia do namorado, esbanjou simpatia com a imprensa.
Foto: André Moreira/AgNews
  • Uma ótima notícia nesta sexta-feira (14)! Filha de @ivetesangalo e #DanielCadi recebe alta e do hospital e o papai agradece carinho de fãs e seguidores. Leia em #OFuxico
  • #Iza lacra em cenas do clipe que gravou com #GlóriaGroove. Quer ver tudo? Clica em #OFuxico! 📷 Reprodução/YouTube
  • #FlorindaMeza conta por que nunca foi amiga de Seu Madruga e revelou também qual ator do seriado #Chaves que mais admira até hoje. Confira em #OFuxico! 📷 Reprodução/Televisa

OFuxico