Imprimir

Notícias

24/01/2020 | 18h25m - Publicado por: Caroline Huertas | Foto: Reprodução/Instagram

Pabllo Vittar anuncia turnê nos Estados Unidos

Além do Coachella, a cantora vai se apresentar em outras datas em abril

Pabllo Vittar anuncia turnê nos Estados Unidos - Reprodução/Instagram

Pabllo Vittar está com tudo! Na última quinta-feira (23), a cantora anunciou uma turnê para os Estados Unidos em abril deste ano, em parceria com ONGs LGBT. 

As apresentações no país norte-americano fazem parte da 111 Tour e contam com cinco shows, sendo dois deles no Festival Coachella, na Califórnia, nos dias 11 e 18 de abril. 

Além dessas, as datas anunciadas são Nova York, no dia 8; São Francisco, no dia 16; e Chicago, no dia 19. 

Pabllo Vittar ainda aproveitará a viagem para se apresentar em Toronto, no Canadá, no dia 21, finalizando sua passagem por terras gringas. 

Aproveitando a notícia, a estrela também informou aos fãs que a cada ingresso comprado, um dólar será destinado a instituições que ajudam a comunidade LGBT. 

 

Pabllo Vittar critica censura do Youtube a clipe de Parabéns

Pabllo Vittar é uma das artistas mais populares do momento, principalmente entre o público LGBTQ+, e muitas de suas músicas sempre ficam na boca do povo.

O single Parabéns, lançado em outubro e faixa marcante da primeira parte do álbum 111 da cantora, é um verdadeiro hit, já tendo mais de 50 milhões de visualizações e sendo uma das grandes apostas para o Carnaval 2020.

Porém, o Youtube acabou restringindo o clipe da música para maiores de 18 anos, alegando que tal censura ocorreu por conta de a drag queen segurar uma garrafa de vodca no vídeo.

Nos Stories do Instagram, ela comentou sobre o assunto, e afirmou que não vê sentido em tal ação, pois existem vídeos com conteúdo mais explícito que não receberam a mesma censura.

“Recebemos uma restrição de idade no clipe de Parabéns porque eu estou segurando um copo de vodca, sendo que já havia uma mensagem escrito beba com moderação. Mas mesmo assim quiseram restringir pra maiores de idade o meu clipe, que eu tanto trabalhei, que dei duro por dias para fazer esse projeto. E a gente sabe também que tem vários videoclipes muito mais nocivos, muito mais explícitos no YouTube, e não são restritos, banidos, nem sequer são lembrados. Mas atacam a drag queen a torto e a direito, não vamos deixar isso acontecer.”, declarou Pabllo, antes de afirmar que fará de tudo para reverter a situação e pedir que os fãs continuem assistindo ao vídeo.

No Twitter, a cantora compartilhou uma versão amis curta do seu pensamento acerca da situação, reforçando que sofreu uma injustiça da plataforma.

“Não tem nada no clipe de parabéns que que não tenha na maioria dos outros clipes isso é tão injusto quer por restrições coloque em todos os outros então mas que saco! Continuem assistindo o clipe no YouTube e nas plataformas vittarlovers”.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico