Imprimir

Notícias

04/03/2021 | 11h22m - Publicado por: Juliana Picanço | Foto: Reprodução/Instagram

Padre Fábio de Melo se emociona com vacinação da mãe: 'Choro que o medo gerou'

Cantor não conteve a emoção ao registrar o momento nas redes sociais

Padre Fábio de Melo se emociona com vacinação da mãe: 'Choro que o medo gerou' - Reprodução/Instagram

Padre Fábio de Melo usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira (4) para comemorar e agradecer que a mãe, Dona Ana Maria, foi vacinada contra a Covid-19. O religioso compartilhou registros do momento em que ela foi imunizada, dentro do carro, ao lado de profissionais da saúde, e não conteve a emoção ao escrever um lindo texto sobre a situação.

"Só Deus sabe o quanto eu desejei que este dia chegasse. Minha mãe sendo vacinada. Ela, que carrega tantas fragilidades, assim como tantas outras pessoas, com muita probabilidade não resistiria ao vírus. Há meses eu estava angustiado, esperando pelo momento dela", declarou o padre.

Sabrina Sato grava vídeo divertido com Ronaldo e Padre Fábio de Melo
Tatuador do Padre Fabio de Melo: ‘Ganhei mais de 30 mil seguidores’

Fábio ainda fez um apelo aos governantes e exaltou a ciência. 

"Senhores governantes, pelo amor de Deus, agilizem para que todos tenham direito à essa proteção, o mais rápido possível. Depois que a vacina foi criada, depois que a ciência nos deu o recurso, toda morte tem um peso infinitamente superior, um impacto ainda maior sobre as nossas responsabilidades", disse ele, que também agradeceu aos profissionais que vacinaram sua mãe. 

"A atenderam com tanto carinho. Há muito tempo uma imagem não me fazia chorar tão intensamente. Um choro que o medo gerou, mas que a gratidão abençoou", completou.

Padre Fábio de Melo defende união civil gay: "É um direito"

Padre Fábio de Melo se posicionou a respeito da defesa do Papa Francisco pela união de casais homossexuais. Durante uma live com o empresário Marcus Montenegro, o padre deu a sua opinião sobre o casamento gay.

Fim de uma era? Evaristo Costa bloqueia padre Fábio de Melo. Entenda!

 "Em 2013, eu dei uma entrevista e fui execrado pela ala mais conservadora da Igreja Católica. A união entre duas pessoas do mesmo sexo não é uma questão religiosa, é uma questão civil. É um direito. Sempre considerei uma injustiça e não cabe a mim julgar, não cabe a mim impor regras religiosas ao outro. A questão é do Estado", disse o religioso.

Em conversa, Fábio ainda revelou que há três anos e meio teve uma crise muito grave, que o levou a pensar até mesmo em suicídio.

"Eu não desejo a ninguém passar o que passei. Pensei em me matar várias vezes. Eu tive dois momentos que pensei em suicídio. Nesta época e quando tinha 18 anos. Fazia noviciado, em Jaguará do Sul, Santa Catarina. Durante um ano e meio, eu tive pensamentos obsessivos para morrer", contou.

O padre falou também que a responsável por curá-lo foi a medicina. "Quem me curou primeiro foi a medicação. Os medicamentos foram necessários. Quando a medicação me curou, eu fui mudando as minhas posições, a minha rotina. Fui buscar a querer ficar em mim"

Tatuador do Padre Fabio de Melo: ‘Ganhei mais de 30 mil seguidores’





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico