Imprimir

Notícias

09/09/2019 | 09h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Pamela Anderson teme pela saúde de Julian Assange

A modelo e ativista está preocupada com o colega, que continua preso na Inglaterra...

Pamela Anderson teme pela saúde de Julian Assange - Reprodução/Instagram

Pamela Anderson teme pela saúde do colega Julian Assange. A atriz, modelo e ativista revelou ao programa The View na sexta-feira (6) que o fundador do WikiLeaks perdeu quase 14 quilos atrás das grades.

Assange foi removido à força da Embaixada do Equador em Londres em abril, depois que as autoridades retiraram seu asilo. Ele está preso na prisão de segurança máxima de Belmarsh do Reino Unido desde então, depois que os legisladores o sentenciaram a 50 semanas atrás das grades por violar a fiança e aceitar uma oferta de asilo na Embaixada do Equador em 2012, enquanto enfrentava processo de extradição para a Suécia. Assange ainda enfrenta processo de extradição para os Estados Unidos, onde é acusado de conspirar para invadir um computador do Pentágono.

Anderson teme que seu amigo morra atrás das grades.

"Sua saúde realmente deteriorou. Ele perdeu quase 14 quilos desde que eu o vi (em maio) e ele já estava muito magro naquele momento.".

Pamela espera que ele não seja extraditado para os Estados Unidos: "Eu não acho que ele estará protegido na prisão. Acho que há muito perigo em torno de sua vida. É devastador que as pessoas tenham se apaixonado por essa campanha de difamação, especialmente nos Estados Unidos. Os Estados Unidos abraçaram toda essa propaganda. É realmente frustrante", lamentou a modelo.

"Os crimes de guerra precisam ser punidos e não foram. Os crimes de guerra que ele expôs, ninguém fez nada a respeito, mas o colocaram na cadeia para calá-lo.", afirma.

Anderson também defendeu o amigo contra as alegações de que invadir os e-mails de Hillary Clinton lhe custou as eleições de 2016 dando a vitória a Donald Trump: "Hillary Clinton é responsável por Trump... Ele não estava tentando ajudar Trump; ele estava tentando dizer ao povo americano informações verdadeiras que Hillary Clinton estava escondendo, para que eles pudessem fazer uma escolha correta. Ele apenas acredita em justiça, acredita em honestidade, acredita em expor governos ... As pessoas tem o direito de saber o que está acontecendo ... Toda a sua intenção é parar essas guerras sem sentido", justificou.
 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico