Imprimir

Notícias

08/08/2020 | 16h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram @paulmccartney

Paul McCartney não quer fazer turnê de shows em Las Vegas

Para o cantor, os famosos que se apresentam lá não conseguem mais fazer uma turnê mundial...

Paul McCartney não quer fazer turnê de shows em Las Vegas - Reprodução/Instagram @paulmccartney

Paul McCartney não tem muito interesse em fixar residência em Las Vegas para apresentar vários shows na cidade, seguindo assim, os passos de outros cantores famosos como Mariah Carey, Celine Dion, Jennifer Lopez, entre otras.

O cantor disse em entrevista à revista GQ que tem tentado 'evitar' essa turnê de shows em Las Vegas. O ex-músico dos Beatles não tem interesse em fazer parte da lista de cantores, porque sente que uma turnê em Las Vegas significa a morte do artista:

"Quando não conseguem mais fazer turnês pelo mundo.", justifica.

Ele disse: "Sobre tocar em Vegas, isso é algo que evito minha vida toda. Definitivamente nada me atrai nessa ideia. Vegas é onde vamos para morrer, não é? É tipo o cemitério", alfinetou.

Paul McCartney revela sonhar muito com John Lennon
 

Paul também é relutante em ir para a Broadway, em Nova York, após o sucesso de Bruce Springsteen, porque não quer que as pessoas achem que ele está 'seguindo a moda'.

"Algumas pessoas gostariam que eu fosse, já que dizem que tenho muitas histórias e muitas músicas, mas uma das coisas que me impedem no momento é que Bruce acabou de fazer isso, sabe? Parece tipo, 'Ah, agora é minha vez!'... Acho que isso me deixou meio relutante, seguir os passos dele ou seguir essa moda. A ideia é legal, mas acho que prefiro tocar para um público maior, ou até menor - não ligo se forem alguns clubes. Faço uma parte solo no meio dos meus shows, e fazer um show desses, não sei se gostaria. Pode ser trabalhoso demais".

Aos seus 78 anos, McCartney afirma que ainda tem muita energia para fazer uma turnê mundial com seu enorme catálogo de músicas.

Rolling Stones ou Beatles?

The Rolling Stones ou The Beatles? Essa discussão já é antiga no mundo do rock e Mick Jagger a trouxe à tona novamente.

Em entrevista ao Beats 1, programa da rádio on-line da Apple, Mick Jagger ficou sabendo pelo radialista, Zane Lowe, que Paul McCartney, conhecido por ter sido integrante do Fab Four, fez uma declaração durante o programa The Howard Stern Show, dizendo que "há muitas diferenças, e eu amo os Stones, mas estou com você [o apresentador Howard Stern]. Os Beatles eram melhores."

Caindo no riso, Jagger respondeu: "Obviamente não há competição”, e explicou a diferença entre os grupos que despontaram mundialmente nos anos 1960.

“Rolling Stones é uma grande banda há muitas décadas e em outras áreas, quando os Beatles nem mesmo fizeram uma turnê de arenas, [ou shows no] Madison Square Garden com um sistema de som decente. Eles se separaram antes que esse negócio começasse, o negócio das turnês pra valer."

Mas para o inglês, continuar com a banda até hoje é o grande ponto crucial dessa rivalidade.

Paul McCartney revela 'herança culinária' de sua falecida esposa

"Nós começamos a fazer shows em estádios nos anos 1970 e ainda estamos fazendo agora. Essa é a verdadeira grande diferença entre essas duas bandas. Uma é incrivelmente sortuda em ainda tocar em estádios, e a outra não existe mais.”

No último sábado (18), Paul McCartney e os Rolling Stones participaram do festival One World: Together at Home,queteve Lady Gaga como curadora. Além disso, o grupo de Mick Jagger ainda revelou a inédita Living in a Ghost Town.

Luciana Gimenez sobre relação com ex: ‘Podia ser melhor’





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico