Imprimir

Notícias

28/10/2020 | 13h00m - Publicado por: Flavia Almeida | Foto: Reprodução/Instagram

Preta Gil sobre a ditadura da beleza: ‘Quando eu vi, estava me mutilando’

Cantora fez revelações à Angélica, no Simples Assim

Preta Gil sobre a ditadura da beleza: ‘Quando eu vi, estava me mutilando’ - Reprodução/Instagram

No próximo sábado (31), Preta Gil poderá ser vista no programa Simples Assim, comandado por Angélica, numa conversa franca sobre vaidade. A cantora disse à apresentadora que a ditadura da beleza sempre foi algo de relevante importância em sua vida.

“Estou falando disso há muitos anos já. E quando eu falava disso há 18 anos eu me sentia muito só. As pessoas estranhavam, até as mais próximas falavam: ‘Como assim usar biquíni? Como assim não ter vergonha do corpo?’. Estamos nos libertando de muitas amarras, mas ainda é muito difícil para várias mulheres”, disse Preta.

A artista carioca de 46 anos ressaltou que a opressão é um comportamento sugerido pela sociedade para impedir a liberdade.

“A opressão não veio à toa. Ela veio como forma de paralisar as mulheres, porque se sabe que unidas somos muito fortes e capazes de tudo. Que a gente não se gostasse, que a gente se alfinetasse, falasse mal uma da outra, que não colocasse a outra pra cima”, afirmou.

Preta deu exemplos, como a transição capilar, feita por muitas mulheres neste período de pandemia.

“Tudo isso foi nutrido no ventre da sociedade patriarcal, mas a gente vem desconstruindo isso nas atitudes. Quando a gente fala ‘assumi meus cachos’, isso é de uma grandiosidade... Porque você não tem noção de quantas mulheres passam a vida alisando o cabelo porque foram educadas para não gostar do seu cabelo cacheado”.

Experiência própria

 

Preta falou sobre situações vividas por ela e deixou Angélica espantada com tudo o que passou diante da ditadura da beleza, imposta pela sociedade.

“Eu fiz quatro lipos, uma atrás da outra. Quando comecei minha carreira, fiz uma capa nua e estava fora dos padrões. E eu queria que o povo parasse de falar de mim. Tomei remédio, fiz lipo, quando eu vi, estava me mutilando. Para agradar a quem? Não a mim, eu estava confusa, sem saber o que estava sentindo. Fazia por causa do outro”, revelou.

A mãe de Francisco Gil enfatizou que o amor próprio é a solução.

“É um caminho sem volta quando você pega o fio da meada de se amar. E é aí que a gente traz outras pessoas. Vem comigo! Se ame! Se liberte!”, disse.

Preta Gil aparece fazendo o décimo teste da Covid-19
Preta Gil chora aos pés de Nossa Senhora Aparecida





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico