Imprimir

Notícias

13/08/2020 | 04h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Divulgação

Princesa Diana sabia que sua vida corria perigo

Revelam que Lady Di pressentiu que poderia morrer

Princesa Diana sabia que sua vida corria perigo - Divulgação

Segundo o jornal Daily Mirror, 10 meses antes de sua morte, Diana entregou uma carta ao seu mordomo de confiança Paul Burrell, onde ela supostamente afirma que pressentia que o ex-marido, o Príncipe Charles, estava planejando algo contra sua vida.

A carta foi publicada pela primeira vez em 2003 pelo próprio diário.

Segundo uma parte da carta, que tem a caligrafia da princesa, ela diz a Burrell que a nova fase que estava vivendo, após o divórcio de Charles, era 'perigosa'.

Príncipe Harry diz que sua mãe apoiaria o Black Lives Matter
 

"Estou sentada aqui em minha mesa em outubro, querendo que alguém me segure e me dê coragem para permanecer forte e manter minha cabeça erguida. Esta fase particular da minha vida é a mais perigosa", escreveu, demonstrando principal preocupação nos carros em que usava na época.

Diana e o príncipe Charles se divorciaram em 28 de agosto de 1996. Sua morte ocorreu um ano depois e efetivamente em um acidente de carro, como ela aparentemente previu em sua carta.

Embora até agora não tenha sido provado que a carta é autêntica, muitos se perguntam se Diana realmente sabia o que aconteceria com ela.

Paul Burrell publicou o livro 'A Royal Duty' onde consta a escrita da mãe de Harry e William, porém a autenticidade da carta foi questionada em 2007 por não acreditarem que ela a tivesse escrito.

A brasileira Lucia Flecha da Lima (1940-2017), que foi melhor amiga de Diana, chegou a dizer na época que não acreditava em Paul Burrell:

Kristen Stewart será Princesa Diana em cinebiografia


"Ele era perfeitamente capaz de imitar a letra da princesa Diana. Não acho que ela temesse por sua vida, especialmente o príncipe Charles, o futuro rei de seu país", disse para o The Telegraph.

Preocupações com Harry

Princesa Diana previu a vida do Príncipe Harry, de acordo com a autora e editora-chefe da revista Majesty, Ingrid Seward. Ela revelou como Diana disse que Harry pode 'lidar com qualquer coisa' - o que é revelador, considerando sua situação atual.

Em uma entrevista com o jornal Daily Mail, Seward relembrou sua conversa com Lady Di:

"Diana me disse que William era muito sensível e Harry era artístico e animado, que podia lidar com qualquer coisa", conta.

No entanto, ela alega que Diana também tinha uma preocupação com Harry, porque ele não tinha concentração e 'mudava de uma coisa para outra' facilmente.

Mas enquanto a preocupação da Princesa Diana era predominantemente em relação à educação de Harry, há paralelos com sua situação atual depois de se afastar da família real.

Ingrid acrescentou: "William era mais acadêmico do que Harry, mas ele não estava achando Eton [um dos colégios mais importantes da Inglaterra, fundado em 1440 pelo rei Henry VI] muito fácil naquele momento, apesar de ter amigos adoráveis ​​por lá. [Diana] disse que Harry iria para Eton, caso contrário, ele seria apontado como o que não era tão inteligente, e ela se preocupava com a falta de concentração dele. Ela disse: 'Harry está cheio de energia, mas ele muda de uma coisa para outra e depois perde o interesse.'".

Para Ingrid Seward, Diana sabia que o filho menor não seria feliz vivendo sob os protocolos da realeza.







Instagram

Instagram

OFuxico