Imprimir

Notícias

13/06/2020 | 09h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Príncipe Harry comenta sobre futuro do filho Archie

Como presidente dos Parques Africanos, o duque de Sussex quer melhorar o mundo para a próxima geração

Príncipe Harry comenta sobre futuro do filho Archie - Reprodução/Instagram

O príncipe Harry comentou sobre a paternidade e principalmente sobre os medos que tem como pai, pelo seu pequeno filho Archie Harrison, de 13 meses, fruto de seu casamento com a Duquesa Meghan. Harry, de 35 anos, escreveu sobre o assunto para o relatório anual da organização African Parks, do qual ele é presidente. 

A African Parks é uma organização não-governamental internacional que busca abordar questões de conservação ambiental na África, especialmente o declínio de muitos dos parques nacionais da África. Foi fundada em 2000 como uma organização sem fins lucrativos por um grupo de conservacionistas, liderados por Paul Fentener van Vlissingen e Anthony Hall-Martin, em Johannesburgo, África do Sul.

No comunicado, o filho mais novo da Princesa Diana abre seu coração: 

"Desde que me tornei pai, sinto que a pressão é ainda maior para garantir que possamos dar a nossos filhos o futuro que eles merecem, um futuro que não lhes seja tirado e um futuro cheio de possibilidades e oportunidades.", começou dizendo. 

"Quero que todos possamos dizer aos nossos filhos que sim, vimos isso acontecer e, com a determinação e a ajuda de um grupo extraordinário de indivíduos comprometidos, fizemos o que era necessário para restaurar esses ecossistemas essenciais", explicou. 

Príncipe Harry também disse que  enquanto se 'vive uma crise de extinção', doenças como o coronavírus causou mais problemas. 

"É uma pandemia global que nos abalou profundamente e levou o mundo a uma paralisação (...) existem soluções que são acionáveis ​​e que funcionam, e o modelo de Parques Africanos é um deles", comentou. 

A primeira experiência do príncipe Harry trabalhando ao lado dos Parques Africanos foi em julho de 2016 no Malawi, onde serviu como membro integrante de sua equipe, realizando uma das maiores translocações de elefantes da história. Junto com a mudança de elefantes para uma nova área, o príncipe Harry ajudou na translocação de um rinoceronte, uma série de espécies de caça, incluindo antílope, búfalo e zebra, e facilitou a implantação em três leões de colares GPS para ajudar a protegê-los melhor. 

"Em seu papel de Presidente dos Parques Africanos, o Príncipe Harry trabalha em estreita colaboração com nosso Conselho e Peter Fearnhead, nosso CEO, para avançar em nossa missão de proteger os parques nacionais da África. Ele poderá ajudar a esclarecer os problemas mais prementes e urgentes que a vida selvagem está enfrentando e, o mais importante, o que as pessoas podem fazer para ajudar", disse Robert-Jan van Ogtrop, Chairman do African Parks Network. 

Gastos com segurança pessoal

 

Segundo o jornal The Times, o príncipe Harry e Meghan Markle estão gastando até US$ 9 mil (R$ 43 mil) por dia em segurança enquanto moram em Los Angeles, nos Estados Unidos, depois de terem desistido de seus deveres reais, no começo deste ano. 

Os detalhes de segurança do casal e quem pagaria a conta foram constantemente questionados. Posteriormente foi revelado que o casal não teria mais acesso a fundos públicos para cobrir seus custos de segurança, e foi sugerido que o príncipe Charles, ou mesmo o governo do Canadá ou dos EUA, pudesse pagar. 

Mas agora parece que o casal está cobrindo sozinho esses gastos. 

Segundo relatos da publicação, o casal trabalha com a empresa de segurança Gavin, da Becker and Associates. A empresa cobra até US$ 9.000 por dia em segurança e prestou serviços a grandes nomes como Madonna, John Travolta e até o fundador da Amazon, Jeff Bezos. 

Dado o status de Harry e Meghan como ex-membros da realeza, bem como o foco em manter a privacidade do filho Archie, é fácil imaginar que o casal desejaria o mais alto nível de segurança em sua nova casa em Los Angeles. 

Mas não há garantia de que os duques continuem trabalhando com a empresa cara, segundo uma fonte. 

"O duque e a duquesa ainda não assinaram um contrato a longo prazo", informou o Times. "Atualmente, e temporariamente, eles estão usando equipamentos de segurança que já estavam em uso na casa onde vivem atualmente".

 

O casal está hospedado em uma mansão de propriedade do produtor de Hollywood Tyler Perry, embora em breve eles possam comprar uma casa própria.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico