Imprimir

Notícias

15/04/2021 | 12h22m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Reprodução/YouTube

Príncipe Harry influencia mudança no funeral de Príncipe Philip

A roupa usada por ele e a família real sofreu alterações conforme ordem de Rainha Elizabeth II

Príncipe Harry influencia mudança no funeral de Príncipe Philip - Reprodução/YouTube

Parece que mesmo fora da família real britânica, Príncipe Harry segue "ditando regras" na monarquia inglesa. Pensando no neto, a Rainha Elizabeth II acreditou que ele pudesse sentir-se envergonhado e decidiu por determinar que todos os membros da realeza usem vestimentas civis no funeral de Príncipe Philip, que acontecerá no sábado (17).

De acordo com o jornal britânico MetroUK, a Rainha tomou a decisão porque é costume que aqueles com patentes militares na família real usem o traje e suas medalhas, como é o caso do Príncipe CharlesPríncipe William, da Princesa Anne e do Príncipe Edward

Ao deixar a realeza, Harry, que serviu no Exército Britânico por uma década, perdeu seus três títulos militares honorários: Capitão-General dos Fuzileiros Navais Reais, Comandante Aéreo Honorário da RAF Honington e Comandante-em-Chefe, Pequenos Navios e Mergulho, Comando Naval Real. Dessa forma, para evitar contrangimento por ele ser o único sem a farda militar, Elizabeth II resolveu impor um novo código de vestimenta.

“Havia o risco de constragimento”, explicou uma fonte próxima à família. “A Rainha não quer nenhuma distração daquilo que é realmente importante, celebrar a vida notável do Duque de Edimburgo."

No último domingo (11), Harry voou para a Inglaterra pela prieira vez desde a mudança para os Estados Unidos com Meghan Markle. Ele foi sozinho porque Markle recebeu conselhos médicos em não se expor a uma viagem longa em meio à pandemia da Covid-19 estando grávida.

Atualmente o Príncipe cumpre quarentena em sua casa em Frogmore Cottage, em Windsor, um protocolo exigido pelo Reino Unido para todos que chegam na Inglaterra de vôos internacionais.

Foto antiga mostra enorme semelhança entre Príncipe Philip e Harry

Perdão

 

Segundo o jornal Daily Mail, Meghan Markle, teria decidido 'perdoar' a família real após a morte do príncipe Philip. Uma fonte do palácio assegurou que ela 'quer colocar suas diferenças de lado' nesse momento difícil para todos. 

E embora a imprensa tenha comentado que a Duquesa de Sussex não foi autorizada por seu médico a viajar para o funeral do avô do Príncipe Harry, na verdade ela decidiu que não viajaria para o funeral porque 'não queria ser o centro das atenções'. 

"Meghan disse que sua principal preocupação agora é apoiar Harry... ela disse que deixou para ele decidir se compareceria ou não ao funeral. Meghan disse que é durante esses tempos que a família deve se reunir, colocar suas diferenças de lado e se unir. Ela afirmou que isso é o que o príncipe Philip iria querer e que ela está disposta a perdoar e seguir em frente.", contou o informante. 

E embora não exista nenhum comentário confirmado de Markle nesse sentido, Angela Levin, uma autora real criticou os supostos comentários dela: 

Em conversa com o The Sun, Levin comentou: 

"Acho surpreendente que alguém que foi membro da família real por um período muito curto de tempo tenha a audácia de pensar que será o centro das atenções em um funeral do homem mais extraordinário de 99 anos que foi marido da rainha por mais de 70 anos. Eu acho que você deve instintivamente sentar-se atrás e se você acha que vai [atrair atenção], não diga nada sobre isso. Você vem e fica muito quieta, senta no banco de trás e se veste de preto como mandam. Se você não quer ser o centro das atenções, fique quieta.", reclamou a mulher. 

Relação sempre foi tensa entre Meghan Markle e duques de Cambridge
Meghan Markle e Príncipe Harry entram no mercado de vinhos





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico