Imprimir

Notícias

14/09/2020 | 16h40m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Rafaella Santos posa com Neymar Jr. após caso de racismo

Modelo usou seu perfil no Instagram para declarar seu amor ao craque

Rafaella Santos posa com Neymar Jr. após caso de racismo - Reprodução/Instagram

Neymar Jr. sofreu um episódio de racismo no final da partida entre o Paris Saint-Germain e o Olympique de Marselha, válido pelo Campeonato Francês no último domingo (13).

Em dado momento da partida, o jogador foi sido xingado de macaco pelo zagueiro Álvaro González, e ao revidar com violência, acabou sendo expulso de campo por meio de um cartão vermelho.

Rafaella Santos, irmã do craque, sempre foi bastante próxima do atleta, então é claro que ela se posicionou em relação ao assunto em seu perfil no Instagram.

Em uma nova publicação na rede social, ela compartilhou uma foto com o rosto coladinho ao do jogador do PSG, escrevendo na legenda: ‘Eu te amo!’.

Nos comentários, diversos seguidores elogiaram a atitude de Rafaella em apoiar o irmão publicamente, também tecendo palavras carinhosas a eles.

“Lindos! Que Deus proteja sempre”, “Amo muito”, “Quando a genética é boa”, foram algumas das declarações feitas pelos fãs de Rafaella e Neymar.

Rafaella Santos declarou seu amor ao irmão Neymar Jr. após caso de racismo

Confira a publicação completa no perfil do Instagram @rafaella.

Ludmilla defende Neymar após craque sofrer racismo
Rafaella Santos exibe boa forma física em look com barriga de fora

Saiba mais sobre o caso

 

Na saída de campo, Neymar admitiu ter agredido o espanhol. E em seu perfil no Twitter, mostrou revolta.

"Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca", escreveu.

Por volta dos 37 minutos do primeiro tempo, o brasileiro chamou à atenção de um dos árbitros, dizendo "racismo, no!", como captado pelos microfones. O árbitro Jérôme Brisard interrompeu o jogo para tentar entender o que havia acontecido.

Álvaro González reclamava com a arbitragem sobre uma suposta cusparada de Di María, que também alegou ter sido ofendido. O defensor do Olympique sugeriu a utilização do árbitro de vídeo (VAR) para apuração da confusão.

No final do segundo tempo, Neymar voltou a discutir com Álvaro González e deu um tapa na cabeça do defensor. A arbitragem viu o lance e expulsou craque do PSG, que deixou o campo muito bravo e mais uma vez acusando o espanhol de racismo.

Neymar revela arrependimento após ser expulso de jogo

 

Neymar é expulso do jogo





Notícias Relacionadas

14/09/2020 | 13h45m - Giovanna Prisco

Ludmilla defende Neymar após craque sofrer racismo

14/09/2020 | 09h12m - Flávia Almeida

Neymar é expulso de partida e acusa jogador de racismo



Instagram

Instagram

OFuxico