Imprimir

Notícias

18/04/2020 | 11h00m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Reprodução/Instagram

Reese Witherspoon abre o jogo sobre depressão pós-parto

A atriz falou sobre o processo nas três gestações de forma inédita em podcast

Reese Witherspoon abre o jogo sobre depressão pós-parto - Reprodução/Instagram

Reese Witherspoon foi a convidada desta sexta-feira (17) do podcast I Weight, conduzido pela atriz Jameela Jamil, a Tahani da série The Good Place, e revelou que sofreu com a depressão pós-parto.decidiu se abrir sobre suas próprias experiências com a depressão pós-parto.

Mãe de três filhos falou, a atriz contou que ela começou a fazer terapia aos 16 anos e que sua maior luta foi ao se tornar mãe.

Reese Witherspoon aproveita isolamento para lançar programa

"Eu tive três filhos. Depois de cada criança, tive uma experiência diferente. Uma criança, eu tive um tipo de [depressão] pós-parto leve e uma criança, tive [depressão] pós-parto grave, onde tive que tomar remédios pesados ​​porque simplesmente não estava pensando direito", disse a estrela mãe de Ava, de 20 anos, e Deacon, de 16, do relacionamento com Ryan Phillipe. Ela ainda tem o caçula Tennessee, de sete anos, do atual casamento com Jim Toth.

"E então eu tive um filho em que eu não tive depressão pós-parto nenhuma", revelou."Eu definitivamente tinha ansiedade, minha ansiedade se manifesta como depressão, então eu ficava realmente deprimida. Meu cérebro é como um hamster em uma roda e não para", revelou a estrela de 44 anos. "Eu tenho lidado com isso a minha vida inteira", reforçou.

Reese chegou a dizer que após o nascimento de Ava, ela sofreu no período de desmamar a primogênita.

Reese Witherspoon mostra como é o 'distanciamento social'

"Não entendemos o tipo de montanha-russa hormonal que você passa quando para de amamentar. Ninguém me explicou isso", falou durante a conversa no podcast. "Eu tinha 23 anos quando tive meu primeiro bebê e ninguém me explicou que, quando você desmama um bebê, seus hormônios vão pelo ralo. Eu me senti mais deprimida do que nunca em toda a minha vida. Foi assustador".

Enquanto o batte-papo seguia, Witherspoon falou da importância de levar as mulheres a sério e continuar a desestigmatizar a saúde mental.

Reese Witherspoon ganha presente inusitado de Beyoncé e Jay Z

"Acho que os hormônios são tão pouco estudados e não compreendidos", relatou ela, que não teve o "tipo certo de orientação ou ajuda" na época já que sua mãe podia dar auxílio pois trabalhava como enfermeira pediátrica na época.

"Eu continuava procurando meus médicos para obter respostas, simplesmente não há pesquisas suficientes sobre o que acontece com o corpo das mulheres e as mudanças hormonais que não levamos tão a sério quanto eu acho que deveriam. [...] Tenho profunda compaixão pelas mulheres que estão passando por isso", continuou. "A depressão pós-parto é muito real."







Instagram

Instagram

OFuxico