Imprimir

Notícias

11/04/2021 | 11h00m - Publicado por: Rita García | Foto: Reprodução/Instagram

Relação sempre foi tensa entre Meghan Markle e duques de Cambridge

Os problemas começaram por causa da casa onde moravam no Palácio de Kensington

Relação sempre foi tensa entre Meghan Markle e duques de Cambridge - Reprodução/Instagram

Os laços de Kate Middleton e do Príncipe William com Meghan Markle são tensos desde o início de seu relacionamento com Harry, de acordo com informações do documentário da emissora Chanel 5, Meghan&Harry: Two Troubled Years (Meghan&Harry: Dois anos problemáticos).

O autor real Tom Quinn afirmou no programa que as diferenças entre a ex-atriz e os Duques de Cambridge aumentaram durante a temporada do Príncipe Harry em Nottingham Cottage, sua casa dentro do Palácio de Kensington.

Segundo Quinn a tensão começou quando o Duque e a Duquesa de Sussex se mudaram para essa residência, muito pequena em comparação com a residência maior de William e Kate.

Príncipe William e Kate Middleton preparam entrevista com a BBC

"Nottingham Cottage está nos terrenos do Palácio de Kensington, e é bem pequeno. É muito menor, se comparado ao enorme apartamento duplo que Kate e William têm", disse.


"Disseram em termos errados que eles não estavam na melhor propriedade, porque esse lugar já estava ocupado por William e Kate. Inevitavelmente issou gerou atritos", continuou Tom Quinn.

Para o expert real os conflitos começaram a aumentar, e por isso a rainha Elizabeth II os presenteou com a casa de Frogmore Cottage, muito maior e com a autorização de uma reforma completa.

"No mundo de Meghan, se você é decidido o bastante pode chegar no topo", acrescentou Quinn.

Frogmore Cottage

A residência real do príncipe Harry e Meghan Markle, Frogmore Cottage, adjunta ao Castelo de Windsor, está no meio de uma grande comoção novamente, informou o jornal inglês Express.

Durante uma  entrevista ao diário o diretor executivo da organização política inglesa, Republic, Graham Smith, afirmou que a propriedade não pode ser vendida pela realeza porque na verdade não pertence a eles:

"Frogmore Cottage pertence a Crown Estate [corporação fundada pelo Rei George III em 1760, que é uma coleção de terras e propriedades nos territórios da Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte dentro do Reino Unido, que não é propriedade do governo nem parte da propriedade privada da monarquia] e Crown Estate tem perguntas a responder sobre o motivo de permitir que a realeza use sua propriedade", comentou.

Apresentador atribui morte de Príncipe Philip a Meghan Markle e Príncipe Harry

Segundo o especialista político, 'a missão do Crown Estate é arrecadar fundos para o Tesouro, por isso precisam explicar porque deixam essa propriedade vazia'.

"Também terão de explicar porque permitem que o Palácio tenha acesso a ela e porque dão aos membros da família real", comenta Smith.

"Em última instância, todas as propriedades da Crown Estate devem se aproveitar da melhor maneira a gerar rendimentos ao contribuinte", justificou.

Morte de Príncipe Philip movimenta as redes sociais
Príncipe William corta amizade com apresentador amigo de Harry

O ativista  sempre fez campanha no Reino Unido pela abolição da monarquia e pede um chefe de estado eleito diretamente.

Ele disse que a monarquia estava 'errada por razões pragmáticas, de princípio e políticas'.

Smith afirmou que a monarquia custa ao Reino Unido £ 334 milhões (R$ 2,4 bilhões) por ano.  Em sua opinião esse dinheiro deveria usar-se de outra forma e não nas contas da coroa.

Príncipe William e Kate Middleton preparam entrevista com a BBC

Polícia foi acionada nove vezes à casa de Meghan Markle e principe Harry
Príncipe William se sentiu privado do contato com o sobrinho Archie





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico