Imprimir

Notícias

29/07/2020 | 09h30m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Reprodução/Instagram/@rr_tv

Rodrigo Rodrigues pretendia tornar pública a existência do filho

Jornalista morreu na última terça-feira (28)

Rodrigo Rodrigues pretendia tornar pública a existência do filho - Reprodução/Instagram/@rr_tv

Rodrigo Rodrigues morreu na última terça-feira (28) devido à complicações causadas pelo novo coronavírus. O jornalista pretendia tornar público um segredo: ele era pai de Gabriel, de 24 anos.

Apesar de não ter tido contato com o filho, o jornalista registrou o rapaz quando ele tinha sete anos. Fábio Noogh, amigo de Rodrigo, revelou a história em uma entrevista para o UOL.

"Um dos últimos desejos do Rodrigo confidenciado à Dona Sônia (mãe de Rodrigo), em maio deste ano, era incluir o Gabriel no plano de saúde médico da empresa e no devido momento revelar e assumir publicamente a existência do filho como forma de redenção por todo o silêncio que ele manteve durante esse tempo, e assim, dar algum consolo e o devido desfecho que todos eles merecem. Conheço o Rodrigo há 12 anos, o Gabriel é a melhor coisa que ele fez na vida, sei lá porque motivo a gente foi privado disso. Ele fala que nem o Rodrigo, tem a voz aguda, é farrista igual, até no meio da dificuldade”, disse ele.

Em seguida, Fábio afirmou que não sabe porque Rodrigo guardou segredo sobre a existência do filho.

"Gabriel, de 24 anos, é filho no papel e devidamente sustentado e reconhecido legalmente desde o conhecimento da sua existência aos sete anos de idade tanto pelo Rodrigo como pela sua fantástica família, mas nunca teve chance de conhecer o pai, fato que por seus próprios motivos, nosso amado amigo manteve segredo de todos nós esse tempo todo, creio eu para resguardar a vida íntima de todas as partes envolvidas", concluiu.

Comentaristas do SporTV fazem homenagem a Rodrigo Rodrigues

 

Na terça-feira (28), o mundo dos esportes amanheceu com uma notícia bastante triste: Rodrigo Rodrigues morreu vítima do novo coronavírus.

O jornalista inclusive já estava internado no Rio de Janeiro há alguns dias após ser diagnosticado com a covid-19, não resistindo no processo.

No programa Seleção SportTV, os comentaristas André Rizek e Carlos Cereto fizeram belas homenagens a Rodrigo, além de receberem diversos convidados (inclusive de outros veículos) para mostrarem o quanto ele era amado.

“Queria começar o programa dizendo que você poderia tentar não gostar do Rodrigo, dizer que não achava esse cara legal, mas falharia miseravelmente. Nunca conheci um colega que fosse assim tão unanimidade, que tenha despertado tanto carinho e levado tanto alto astral para as pessoas. O cara era carisma e talento puro”, disse Rizek.

“Muito difícil segurar a emoção. Em um meio como a televisão, é muito raro, raríssimo, ter uma pessoa que é requisita por todo mundo à sua volta. Só o tanto de gente que o acha querido em tantos veículos e emissoras mostra como ele era amado por onde passava. Alto astral, divertido, generoso, muito lamentável esse vírus maldito que, quando pega alguém próximo da gente, impossível não ficar mal”, declarou Cereto.

Maestro Júnior, ex-jogador do Flamengo (time de Rodrigo Rodrigues), fez uma aparição na atração, comentando sobre sua relação com o jornalista.

“Adjetivos para você qualificar o Rodrigo são muito fáceis de encontrar. Vou contar um exemplo de generosidade. Apesar de ligado ao rock, ele curtia uma boa música, e quando soube do nosso projeto Samba da Sopa, ele queria muito ir. Quando ele foi ao Rio, correu no evento sem me avisar, e mesmo sendo meu convidado, pagou duas entradas pois ele sabia o objetivo do samba”, comentou.

“O astral que ele levava na vida profissional que os programas passavam com muita rapidez. Essa é uma daquelas perdas que vamos sentir por muito tempo, pois é muito difícil encontrar alguém no meio que tivesse alguma questão sequer com o ‘RR’”, afirmou o ex-jogador

José Ilan, jornalista da FOX Sports e que já pertenceu ao grupo Globo, também mostrou sua tristeza com a morte de Rodrigo em participação especial no Seleção SporTV.

“Está muito difícil, inclusive vir falar com vocês. Eu estava vivendo isso há alguns dias já, desde ontem já me preparando para isso. Mas ainda não foi nada fácil. Eu nunca trabalhei com o Rodrigo, nos tornamos amigos quando ele era apresentador de um programa universitário, e já esbanjava muito talento”, declarou.

“Nossas mensagens eram sobre outros assuntos além do esporte, principalmente música, e nos encontrávamos tanto que ele foi um dos meus melhores amigos. Reforço o que já falaram aqui de ressaltar sua generosidade e também não conheço ninguém que não goste dele, impossível não gostar de cara da sua generosidade”, completou.

Casagrande lamenta morte de Rodrigo Rodrigues no Instagram
Galvão Bueno: 'Na dimensão que estiver, Rodrigo Rodrigues fará novos amigos'





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico