Imprimir

Notícias

07/01/2020 | 18h08m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Divulgação

Sabrina Sato: 'Minha libido voltou quando parei de amamentar'

Apresentadora, que é mãe de Zoe, de um aninho, de uma entrevista para a Revista Claudia

Sabrina Sato: 'Minha libido voltou quando parei de amamentar' - Divulgação

Em suas redes sociais, Sabrina Sato sempre compartilha lindos momentos ao lado da filha Zoe, de um aninho, fruto de seu relacionamento com Duda Nagle.

Em uma entrevista para a revista Claudia, a apresentadora comentou que a maternidade é capaz de unir as mulheres.

"Depois da maternidade não tem como você olhar para outra mulher, outra mãe, e não se colocar no lugar dela. A gente cria uma conexão direta", disse ela.

Sabrina Sato revela pé de Zoe: ‘Sujo de tanto brincar’

Comemoração

Em novembro, aconteceu a festa grandiosa de Zoe. O evento contou com 800 convidados, entre eles Ivete Sangalo e Marina Ruy Barbosa, decoração com mais de 150 mil balões e o lindo tema dos Ursinhos Carinhosos.

Na conversa, Sabrina contou que pensou em desistir da festa, mas foi convencida pelos irmãos Karina e Karin.

"Eu pensei em desistir várias vezes. Ainda mais depois que li uma nota na imprensa especulando quanto a festa iria custar, mas minha irmã me convenceu", disse.

Os argumentos de Karina foram bastante convincentes.

"Ela me disse: Você não pode deixar de viver esse momento de celebração com a sua filha por ser famosa ou por ter medo de ser criticada. O Filipinho e a Manu (filhos de Karina) adoram ver as fotos de um aninho deles. A Zoe vai perguntar e querer ver também", contou a apresentadora, reproduzindo as falas da irmã.

Em seguida, Sabrina comentou sobre sua experiência com a festa.

"Me apeguei às palavras da minha irmã e resolvi fazer uma festa como forma de agradecer à vida, às pessoas, celebrar a Zoe. Queria que fosse um marco de superação de tudo que passei desde o início da gravidez, que foi complicada", contou ela.

A celebridade também falou da gigante lista de convidados.

"Fiz questão de convidar muita gente mesmo. Minhas amigas de infância de Penápolis, com marido e filhos, minhas amigas da faculdade de jornalismo, amigos da moda, da dança, da TV. A minha casa vive cheia de gente. A comemoração foi um reflexo do que é minha vida. E no fim foi um clima tão divertido, tão gostoso que valeu a pena", afirmou.

Reflexões

Como a maioria das mães, Sabrina Sato pensava que seria uma mãe diferente, até o nascimento de Zoe.

"Eu sempre achei que seria uma mãe independente, corajosa. Falava que a minha era muito grudada nos filhos, só se preocupava com a gente e esquecia dela", contou.

Porém, a mamãe coruja fez de tudo para que a pequena pudesse acompanhá-la na semana de moda de Milão, na Itália.

"Quando aceitei a viagem, dois meses antes, falei para a Karina: Vai ser bom me separar da Zoe por uns dias. Porém, dois dias antes, me desesperei. Não consegui. Já estávamos com todas as passagens fechadas, mas fiz de tudo para levar a Zoe comigo", disse.

Puerpério

A fase pós-parto é conhecida como puerpério, e costuma ser bastante complicada para algumas mulheres. Para Sabrina, foi uma fase de descobertas.

"Tive vários momentos. Primeiro, eu falava: Nossa, me tornei a mãe da Zoe e é isso. E estava amando a fase, mas ainda não sabia quem era essa Sabrina. Com um filho, a gente renasce, se transforma. Não é da noite para o dia, mas a gente vai se redescobrindo", contou.

A apresentadora também comentou que preferiu ficar mais isolada no início.

"Eu tive esse período de recolhimento muito grande. Não conseguia sair de casa e ninguém me pressionou. Isso foi muito importante para mim", afirmou.

Vida a dois

A vida vira de ponta cabeça com o nascimento de um filho, e com o relacionamento a dois não é diferente. No final do ano passado, Sabrina deu uma entrevista para a Revista TPM e comentou que a atenção com a filha tirou o foco da vida a dois.

Além disso, ela contou que a vida sexual era praticamente inexistente. Isso acontece com a maioria das mulheres, mas existe muita vergonha na hora de falar do assunto.

As declarações de Sabrina fez com que ela ganhasse o apoio de diversas mulheres que já passaram pela mesma situação. Mas o apoio não aconteceu com Duda Nagle.

"Eu acho que eles são bem mais cobrados que a gente nesse sentido. É muito machismo. Porque quando saiu essa entrevista, as pessoas zoaram muito o Duda. Eu via os amigos dele mandando mensagens do tipo: Como assim você está casado com a Sabrina Sato e não está pegando?", disse.

Porém, Sabrina garantiu que teve muita compreensão e companheirismo entre os dois neste período.

"Entre nós, ficou tudo tranquilo. Conversamos muito. Ele sempre me passou segurança. Dizia: A gente está junto nessa, é uma fase", contou.

Essa fase serviu para aumentar ainda mais a conexão entre o casal e a apresentadora garantiu que as responsabilidades são divididas por igual.

"Nós precisamos conversar mais, entender mais um ao outro, nos unirmos para cuidar da Zoe. O Duda é bastante participativo e sabe da responsabilidade dele como pai. Não falam do maternar? Eu penso que tem o paternar também. As responsabilidades dele são diferentes das minhas e eu não posso esperar que ele faça as mesmas coisas que eu faço. Ele teve que se descobrir pai da mesma forma como me descobri mãe", disse ela.

A boa notícia para os casais com filhos pequenos é que essa fase passe, como afirmou Sabrina.

"Para mim teve a ver com parar de amamentar. Assim que isso aconteceu, voltei a menstruar e minha libido voltou. Agora, está tudo certo", garantiu.

Pressão estética

Como acontece com todas as mulheres, Sabrina Sato também enfrentou pressão para voltar logo ao corpo de antes.

Isso porque apenas três meses após o parto, a apresentadora estava desfilando do Sambódromo do Anhembi como Rainha de Bateria da Gaviões da Fiel.

"Minha mãe é psicóloga e eu falei muito disso com ela. Conversei também com outras mães e com meu personal trainer, que me disse: Sabrina, é muito mais normal você voltar do jeito que está, ninguém vai te esperar sarada. Emagreci o que deu caminhando na esteira. Não podia fazer mais do que isso, ainda estava doída dos pontos da cesárea. Coloquei uma roupa mais fechadinha, fechei os olhos e fui", disse ela.

Vale ressaltar que o que Sabrina definiu como roupa fechadinha e não estar sarada passa bem longe da realidade da maioria das mulheres.

Rede de Apoio

Não dá para negar, uma das coisas que mais faz diferença na fase de pós-parto é ter uma rede de apoio.

"Eu sou muito privilegiada por ter uma rede de apoio. Vejo a dificuldade de amigas minhas que também são mães e não têm a mesma realidade que eu. Minha mãe praticamente se mudou para minha casa. Até a babá que cuida da Zoe é a que antes cuidava dos meus sobrinhos. Então é um clima de confiança total", disse.

Comparações

Sabrina Sato aprendeu na pele a não se comparar com outras mães. Cada maternidade é única e especial.

Até os nove meses, Zoe não engatinhava e comparavam a pequena com outros bebês da mesma idade que já andavam.

"Pensei: Sou péssima então. A outra está linda, sarada, com o filho andando, e eu aqui, toda inchada, não menstruei, não estou transando com meu marido e minha filha ainda não engatinha", relembrou.

A apresentadora deu um conselho para mães que tendem a fazer comparações.

"A gente tem que encontrar o nosso caminho. Não é porque o filho de uma está comendo com a mão que o seu tem que fazer o mesmo. O seu filho é um, tem o seu jeito, é especial, maravilhoso. Eu aprendi a não me comparar", contou.

Zoe é Vida

O nome Zoe siginifica Vida em grego e a pequena veio para mudar completamente a vida da mãe e de todos a sua volta.

"Passei a olhar o mundo com outros olhos, um olhar de mãe mesmo, de amor, de carinho e gratidão", concluiu Sabrina. 





Notícias Relacionadas

07/01/2020 | 14h23m - Giovanna Prisco

6 corpos de famosas que todas mulheres gostariam de ter

06/01/2020 | 17h55m - Luigi Civalli

Marina Ruy Barbosa pode engravidar em 2020, diz previsão



Instagram

Instagram

OFuxico