Imprimir

Notícias

26/01/2020 | 08h00m - Publicado por: Flavia Almeida | Foto: Globo/Victor Polak

Saiba mais sobre Daniel Ortiz, autor de Salve-se Quem Puder

Ele já assinou sucessos como Alto Astral e Haja Coração

Saiba mais sobre Daniel Ortiz, autor de Salve-se Quem Puder - Globo/Victor Polak

Nascido em Taubaté e criado em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, Daniel Ortiz tem 47 anos e é formado em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília. Antes de ingressar na carreira de autor de novelas, ele trabalhou na Anistia Internacional, em Londres; na ONU, na Dinamarca; e em projetos da Unesco, na África. Daniel sempre foi um apaixonado por teledramaturgia. Desde criança era espectador assíduo de novelas e séries.

A preferência, ele não esconde, foi pelas comédias do horário das sete, assinadas por Silvio de Abreu e dirigidas por Jorge Fernando nos anos 1980 e 1990. Jogo da Vida, novela de Silvio de Abreu escrita com argumento de Janete Clair, em 1981, despertou o interesse em Daniel para se aventurar no papel de autor de novelas e foi quando ele decidiu o que queria seguir profissionalmente. Em 1997, ele fez curso de roteiro em Los Angeles, no American Film Institute. Nos anos seguintes, desenvolveu diversos projetos para a televisão na América Latina.

Em 2008, mudou-se para Dubai, onde escreveu Between Love and Past, primeira novela de longa duração produzida no Oriente Médio, exibida pela rede MBC em mais de vinte países árabes. Em 2009, entrou para a TV Globo, como colaborador de Silvio de Abreu em Passione e no remake de Guerra dos Sexos. Em 2014, assinou a novela Alto Astral e, em 2016, Haja Coração, uma releitura de Sassaricando, obra de Silvio de Abreu exibida em 1987. Também foi supervisor de Malhação – Vidas Brasileiras na temporada 2018/2019.

Salve-se Quem Puder é a terceira parceria de autor Daniel com o diretor artístico Fred Mayrink. Os dois também trabalharam juntos em Alto Astral e Haja Coração.

Ele fala sobre inspirações e referências para a história.

“A novela é uma comedia romântica que começa com muita aventura e um tom de thriller de suspense, com perseguição, ação, aventura, mas sempre com o tom da comédia permeando essas ações. Também sou fã de disaster movies como O Destino de Poseidon, Inferno na Torre, A Travessia de Cassandra, entre outros. Aliado a isso tudo queria contar uma história que abordasse o Programa de Proteção à Testemunha. É uma temática interessante, que não é vista em novelas, e que proporciona muitas viradas na história

O autor ainda destaca as principais características de suas três protagonistas.

“A Luna é a mais otimista e determinada de todas. Por outro lado, foi a que mais sofreu. Foi abandonada na infância, é a mais simples das três, a voz da razão no grupo. É muito justa, trabalha desde cedo, ajuda o pai. Na história, ela é a caçula, porém tem uma maturidade maior. Ela sempre consegue ver o lado bom das coisas. A Alexia sonha ser atriz de novelas. A mãe, uma ex-modelo, interrompeu a carreira quando engravidou da Alexia e culpa a filha por isso. Ela é insegura, ansiosa, impulsiva e seus relacionamentos não vingam. O avô é seu grande incentivador. Já a Kyra é uma menina bem-nascida, sonhadora. Ela é decoradora. É muito atrapalhada e sonha se casar e ser mãe”.

Daniel Ortiz tem uma mensagem a passar ao público com esta novela.

“Será que o que você deseja para a sua vida é aquilo que realmente vai te fazer feliz? A vida é feita de escolhas que podem determinar destinos. Então essas três mulheres vão colocar em xeque esses sonhos. O mote da novela é isso”, afirma. 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

  • Carnaval 2020: #SabrinaSato chega toda misteriosa no camarote N1 - foto: Ricardo Leal/Brazil News
  • Carnaval 2020: Ivete se veste de rainha azul para seu Bloco - foto: Dilson Silva/AgNews
  • Carnaval 2020: Nanda Costa curte com a namorada trio em Salvador - foto: Dilson Silva/AgNews
  • Carnaval 2020: #MileideMihaile encanta no desfile da Grande Rio - foto: AgNews
  • Carnaval 2020: Luisa Sonza brilha em desfile da Grande Rio - foto: AgNews
  • Carnaval 2020: Gracyanne usa fantasia com 500 mil pedras - foto: Paulo Tauil /BrazilNews
  • Gracyanne Barbosa (@graoficial) chega para desfilar como Rainha de Bateria da União da Ilha, no Carnaval do Rio de Janeiro

OFuxico