Imprimir

Notícias

19/11/2020 | 03h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução / Instagram

Sam Smith é criticado por se assumir não-binário

Cantor relembrou de 'crítivas severas' que recebeu das pessoas ao redor

Sam Smith é criticado por se assumir não-binário - Reprodução / Instagram

Sam Smith fez uma reflexão sobre o dia em que decidiu revelar ao mundo que ele é 'não binário'. Em entrevista com James Corden em seu programa The Late Late Show, o cantor relembrou que enfrentou muitas críticas 'severas' depois de falar sobre sua sexualidade, chamando-a dessa maneira, depois de 'uma vida inteira em guerra com sua identidade de gênero'.

Citando Lady Gaga como um instrumento para ajudá-lo a se sentir 'orgulhoso de sua esquisitice', Smith admitiu que nem todos apoiaram sua decisão tanto quanto ele esperava, e que embora sua decisão de se revelar não-binário tenha sido foi positiva, 'também foi uma luta'.

"No geral, tem sido maravilhoso... Sempre senti o que senti e ser capaz de dizer isso a todos e me sentir muito mais aberto sobre certas partes da minha personalidade e minha vida tem sido absolutamente incrível.", justifica.

Smith acrescentou que o vazamento de uma mensagem pessoal para a família o levou a sair mais cedo do que haviam escolhido.

"Foi difícil", admitiu. "Em um mundo onde eu não era uma pessoa conhecida, teria mudado meus pronomes e me acostumado com isso normalmente, o que na verdade tentei fazer, mas uma mensagem que enviei para minha família sobre a mudança de meus pronomes vazou estranhamente. Então eu tive que tomar a decisão de contar a todos e fazê-lo.", comentou.

"Tem sido incrível, mas também é realmente muito difícil ver toda a reação e o número de pessoas que ainda não apoia pessoas que não se enquadram no gênero e pessoas trans ao redor do mundo. É definitivamente mais difícil do que eu esperava, mas me sinto bem na minha pele, que é o prêmio e a maravilha."

Smith falou sobre como se assumir impactou sua abordagem da criatividade, dizendo: "Agora eu sinto permissão para mostrar todos os lados diferentes de mim musicalmente, seja dançando ou sobre quem estou cantando ou sobre o que estou cantando. Eu sinto que agora posso mostrar tudo de mim e colocar tudo de mim na minha música, enquanto antes eu definitivamente tinha medo de mostrar minha feminilidade. Agora ela está do ldo de fora.".
 

Gratidão à Lady Gaga
 

Em uma nova entrevista em vídeo para a revista Vogue, Sam Smith fez um agradecimento à Lady Gaga. O cantor de 28 anos disse que foi ela quem o ajudou a descobrir sua identidade de gênero.

No ano passado, Smith comentou que se considera uma pessoa 'não-binária' - pessoas que não se sentem nem homem, nem mulher e que podem se identificar como um terceiro gênero - e agora revelou que a cantora e ativista dos direitos LGBTQ o ajudou a se aceitar dessa maneira.

"Gaga provavelmente é a razão pela qual eu me aceitei com o meu gênero. Quando eu tinha 15 anos e o The Fame foi lançado, eu estava obcecado com Lady Gaga. Ela me deu permissão completa para ser eu mesmo e me sentir orgulhoso disso. É uma forma de expressão, mas também é uma forma esquisita de proteção".

Sam - que é abertamente gay - disse que a música de Gaga o ajudou a dizer aos 'valentões' de sua escola que 'ficassem longe dele', porque ele sabia que podia ser 'confiante e poderoso' em seu próprio corpo.

Sam Smith reconhece que sua vida mudou quando ele decidiu 'abraçar' sua identidade de gênero depois de 'uma vida em guerra' com ele mesmo.

Em outro momento do vídeo para a Vogue, Sam também discutiu como a maquiagem se tornou uma grande parte de sua jornada como intérprete não-binário.

"Não importa o seu gênero, a maquiagem é uma forma de expressão, e me sinto bem. Para mim, a maquiagem se tornou mais e mais um jeito de expressar meu gênero", afirmou.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico