Imprimir

Notícias

30/10/2020 | 14h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Sharon Osbourne relembra aborto aos 18 anos

A mulher de Ozzy Osbourne revela que teve muito medo do pai quando engravidou

Sharon Osbourne relembra aborto aos 18 anos - Reprodução/Instagram

Sharon Osbourne contou em seu programa The Talk que fez um aborto aos 18 anos e revelou que ficou 'morrendo de medo' ao contar o que havia feito, à sua família. 

A estrela de 68 anos falou sobre sua experiência durante o painel que discutia sobre Jamie Lynn Spears, que em agosto virou a administradora da herança de sua irmã mais velha, Britney Spears. 

Jamie Lynn, hoje mãe de duas meninas, falou recentemente sobre como sentiu que precisava 'se esconder' depois de descobrir que estava grávida aos 16 anos, e Osbourne disse que se identificava com ela. 

Sharon disse aos seus companheiros de elenco que entendia Spears, pois ela ficou grávida quando adolescente, e explicou que ficou muito preocupada com a reação de seu pai. 

"Eu fiquei grávida aos 18 anos, só tinha 18 anos. Fiquei morrendo de medo de contar aos meus pais. Morrendo de medo mesmo. Principalmente do meu pai. Eles ficariam decepcionados comigo. Teria sido um fracasso", relembra a mulher de Ozzy Osbourne. 

A ex-juíza do The X Factor afirmou que tomou a decisão de abortar, e só contou para sua mãe depois que aconteceu. 

"Cheguei em casa, estava muito mal, muito gorda, e precisei dizer a minha mãe, porque ela estava ligando para o médico, e eu precisava contar a ela", contou, e acrescentou que sua mãe disse: "Você fez isso. Vai ter que se virar sozinha". 

Posteriormente Sharon só engravidou novamente aos 30 anos, de sua primogênita com Ozzy, Aimée Osbourne, que agora tem 37 anos. A apresentadora também é mãe de Kelly, de 35, e Jack, de 34. 

Polêmica

 

Sharon Osbourne também opinou publicamente sobre a recente perda de peso da cantora Adele. A apresentadora do programa The Talk, causou polêmica por seus comentários em torno ao emagrecimento da artista, e tem recebido muitas críticas por sua suposta insensibilidade com o tema. 

Para Osbourne, os elogios excessivos que a internet deu a Adele por estar magra agora só fez esclarecer o fato de que nossa cultura ainda idolatra abertamente os corpos magros e faz com que as pessoas gordas e de tamanho grande sintam como se não tivessem 'chegado lá' até perder peso. 

Durante uma discussão virtual na foto viral de Adele magra, Sharon Osbourne afirmou que não acha que as 'mulheres grandes' sejam realmente felizes em seu corpo. 

"Quando mulheres realmente grandes dizem que são realmente felizes em seu corpo, eu não acredito nelas", comentou a mulher de Ozzy Osbourne, recebendo uma avalanche de críticas. 

Em 1999, a própria Sharon passou por uma cirurgia de banda gástrica para ajudá-la a perder 30 quilos, e confessa que só fez o procedimento porque não estava feliz. 

"Claro, na superfície 'hahahah', mas à noite, na cama, sozinha, eu estava muito infeliz", afirmou. 

E, especificamente, sobre o tema de Adele, ela disse: "Estou feliz por ela e todos devem estar felizes por ela, porque foi sua escolha. Ela não fez isso por mais ninguém além de si mesma. E então todos deveríamos estar felizes por ela ... Era hora de perder peso. Ela deve ter sentido: 'Sabe de uma coisa, vou tentar perder peso'. Por qualquer motivo, saúde, tenho certeza ", justificou a apresentadora. 

Muita gente criticou Sharon por generalizar: "Você realmente não sabe como as mulheres grandes e gordas se sentem em relação ao corpo. As únicas pessoas que podem falar são as próprias mulheres", disse um seguidor. 

"Só porque você estava descontente com o corpo não significa que outras pessoas estejam assim com o delas. Todos temos um relacionamento pessoal muito pessoal com nossos corpos, e Osbourne deve se lembrar disso.", esbravejou outra seguidora.





Notícias Relacionadas

04/12/2020 | 11h50m - Flavia Almeida

Elas venceram o câncer de colo do útero!



Instagram

Instagram

OFuxico