Imprimir

Notícias

26/09/2020 | 10h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Sinead O'Connor quer cuidar de pacientes terminais

Polêmica cantora contou que tem se dedicado a cursos do assunto

Sinead O'Connor quer cuidar de pacientes terminais - Reprodução/Instagram

Sinead O'Connor conversou, esta semana, com a revista de música MOJO e revelou que está treinando para cuidar de pacientes terminais. A cantora afirmou que está atualmente estudando para obter uma qualificação na área de saúde e que pretende trabalhar como voluntária.

"Vou tirar um diploma de assistente de saúde. Quero ser o que chamam de 'parteira de morte'. Eu tinha um trabalho voluntário em um programa na América chamado No Veterans Die Alone (Nenhum veterano morre sozinho) - que na verdade vai ser o título do álbum que estou fazendo - e a ideia era que, para soldados que não tinham família por perto, você seria a pessoa que os acompanharia quando estivessem falecendo. É algo que sinto fortemente que quero fazer. Espero em Deus não ser uma idiota. Acho que não sou.", comentou.

A artista de 53 anos voltou à carreira musical no ano passado, após um longo período longe do microfone devido a problemas de saúde, e revelou que precisava voltar a trabalhar por causa de sua situação financeira.

Ela explicou: "Fiz uma histerectomia em 2015 e no mesmo ano um dos meus filhos ficou muito doente... Fiquei muito mal e demorei cinco anos para me recuperar. Não podia trabalhar, fiquei oito meses no hospital até maio do ano passado e quando saí tinha 8.000 libras (R$ 56 mil) no banco e imediatamente recebi uma conta de gás de 2.000 libras (R$ 14 mil).

"Esse foi o meu catalisador para voltar ao trabalho", justificou.

A cantora contou ainda que no próximo ano vai lançar seu livro de memórias, escrito há cinco anos, e ela admitiu que não está ansiosa para lê-lo de novo.

"Não estou ansiosa para ter que me lembrar de tudo quando leio porque paguei muito dinheiro em terapia para esquecer tudo. Estou meio brincando, porque se fiz meu trabalho direito, também é um livro muito engraçado.", afirma.

 

Polêmicas

 

Em 2018, Sinead O'Connor anunciou que havia se convertido ao islamismo, mudando seu nome para Shuhada' Davitt. E em sua conta no Twitter, a cantora deu uma declaração polêmica. 

"Sinto muito. O que estou prestes a dizer é algo tão racista que nunca pensei que minha alma pudesse sentir isso. Mas, na verdade, nunca mais quero passar tempo com pessoas brancas (se é assim que os não-muçulmanos são chamados). Nem por um momento, por qualquer motivo. Eles são nojentos", disse.

 Posteriormente de volta às redes sociais, a artista pediu desculpas pelas suas declarações. 

"No que diz respeito às observações que eu fiz com raiva sobre pessoas brancas... elas não eram verdadeiras na época e não são verdadeiras agora. Isso foi desencadeado como resultado de islamofobia despejada sobre mim. Peço desculpas pelo dano causado. Esse foi um dos muitos tuítes malucos, só o senhor sabe", escreveu. 

Diversos fãs demonstraram seu apoio à Sinead.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico