Imprimir

Notícias

28/06/2019 | 15h50m - Publicado por: Luigi Civalli | Foto: Rachel Tanugi

Sobrinho de Michael Jackson grava clipe no Vidigal. Veja!

Ela escolheu o Rio para gravar seu primeiro clipe como forma de homenagear a cidade e a coreografia do Passinho

Sobrinho de Michael Jackson grava clipe no Vidigal. Veja! - Rachel Tanugi

Com uma voz cativante e um talento natural herdado de uma lendária família de astros da música, como o rei do pop Michael Jackson, Jaafar Jackson descobriu sua paixão pela música aos 12 anos e, hoje, com 22, se prepara para sua estreia na carreira musical com o lançamento mundial, nesta sexta-feira (28), do single e clipe Got Me Singing.

Gravado no Rio de Janeiro a pedido do cantor, o clipe mostra a história de amor entre dois jovens que se apaixonam e que decidem se encontrar. O local escolhido: morro do Vidigal.

Filho de Jermaine Jackson, um dos integrantes do grupo que revelou o rei do pop para o mundo, Jackson Five, Jaafar escolheu o Rio para gravar seu primeiro clipe como forma de homenagear a cidade e a coreografia do Passinho, que começou nos bailes funks da cidade e conquistou o título de Patrimônio Cultural Imaterial do povo carioca.

O ritmo chamou a atenção do artista e foi inserido no contexto da história. “Eu quero levar a dança do Passinho para as minhas coreografias de palco, fiquei apaixonado pelo ritmo”, revelou Jaafar.

Além disso, a canção também traz uma mistura da batida do funk brasileiro dos anos 90 com acordes de guitarras elétricas, que torna a música envolvente e dançante.

Jaafar conheceu o Passinho pelo coreógrafo do clipe, Normann Shay. Quando ele mostrou os vídeos de danças no Brasil, Jaafar adorou e achou que seria perfeito para essa música.

"Quando você escuta Brasil, você pensa no Rio de Janeiro, quando você pensa no Rio de Janeiro, você quer estar no topo de um morro. Quando você chega ao topo da favela, você sente o amor e quando você sente o amor, você quer dançar", explica Norman sobre a dança no clipe.

''Em Got Me Singing me inspirei nas batidas de funk do Rio de Janeiro, então filmar no Brasil era essencial, tinha que respeitar a origem desse som e fazer essa homenagem a essa cidade incrível, foi realmente especial estar no Brasil e quero voltar em breve'', conta Jaafar.

No clipe, Jaafar traz a dança como parte da música, seus passos se encaixam na batida naturalmente como se fizessem parte da composição. O estilo que corre nas veias da família Jackson é facilmente notado em sua performance.

Para Marcos Mello Cavallaria, diretor do clipe, foi algo incrível em sua carreira. "Receber o convite de Jaafar para dirigir seu primeiro projeto já foi uma honra e gravar no Brasil, meu país, homenageando o ritmo do Passinho fez o projeto ser mais incrível ainda. Jaafar é um cantor muito sensível e com uma voz singular, captar a sua sensibilidade em conexão com o Rio de Janeiro foi marcante ver a química nascer''.

Todo o projeto conta com o olhar de Hardy Indiigo, produtor renomado, que já produziu para nomes como Madonna e Carlos Santana, e que viu em Jaafar um artista único e diferenciado.

Foram anos intensos de estudos e pesquisas para chegarem no estilo do cantor que mistura o pop com referências latinas, como o funk, além de batidas eletrônicas.

Jaafar descobriu seu talento para a música por acaso, ao cantar em casa aos 12 anos, e desde então nunca mais parou, estudou piano, música e foi pioneiro ao lançar, no final de 2018, seu primeiro projeto musical em parceria com a NASGO, empresa de tecnologia do setor financeiro.

Para este ano, o cantor ainda vai lançar o seu álbum com 12 canções inéditas e de sua autoria.

Ficha técnica:

Direção: Marcos Mello Cavallaria

Co-roteiro: Marcos Mello Cavallaria

Roteiro: theCHLDRN

Produção: Mangaba Filmes

Manager e Criação: theCHLDRN

Confira o vídeo!





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico