Imprimir

Notícias

22/04/2014 | 02h30m - Publicado por: O Fuxico | Foto: Getty Images

Suposta vítima de abuso do diretor de X-Men diz que cogitou suicídio

Michael Egan move processo contra Bryan Singer

Suposta vítima de abuso do diretor de X-Men diz que cogitou suicídio - Getty Images
Michael Egan, que garante ter sido vítima de abuso sexual do diretor de X-Men, Bryan Singer, concedeu entrevista ao The Daily Beast. Entre as declarações, ele afirma que pensou em tirar a própria vida.
 
“Não sabia com quem falar ou como lidar com tudo o que aconteceu. O suicídio passou pela minha cabeça. Tive uma péssima experiência com bebidas e se não fosse a ajuda da minha mãe e da minha família eu não sei o que eu poderia ter feito”, desabafou.
 
O advogado de Egan, Jeff Herman, declarou que vai processar outros três executivos de Hollywood. Segundo ele, a vítima também foi forçada a ingerir bebidas alcóolicas e a consumir drogas em duas situações em 1999. 
 
Marty Singer, advogado de defesa do diretor, disse que as acusações contra seu cliente não devem ser levadas em conta, pois seriam “completamente sem valor”.
 
Bryan Singer é diretor de X-Men: O Filme, de 2000, X-Men 2, de 2003, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, que está prestes a chegas nas telonas no próximo mês de maio e X-Men: Apocalypse, que deve ser lançado daqui a dois anos.
 






Instagram

Instagram

OFuxico