Imprimir

Notícias

02/07/2020 | 07h30m - Publicado por: Miguel Arcanjo Prado | Foto: Divulgação

Thiago Ventura chega à Netflix e vira astro do humor mundial

Em entrevista exclusiva, humorista fala da estreia do stand up Pokas no streaming

Thiago Ventura chega à Netflix e vira astro do humor mundial - Divulgação

Um dos nomes mais potentes do recente humor brasileiro, o paulistano Thiago Ventura dá importante passo na carreira nesta quinta (2). Ele estreia na Netflix seu stand up Pokas. Agora na maior plataforma de streaming do mundo, ele se torna um astro do humor global.

O espetáculo foi visto por mais de 100 mil pessoas no ano passado no Teatro Frei Caneca, em São Paulo, e agora vai poder divertir espectadores em todo o mundo, em plena quarentena da pandemia do novo coronavírus. Rir é uma dádiva em momento tão delicado.

Formado em administração de empresas e ex-bancário, Thiago Ventura encontrou no riso o seu caminho profissional. Seu canal no YouTube tem mais de 4 milhões de inscritos, fora que alguns dos vídeos superam 20 mil compartilhamentos e 50 milhões de visualizações. Só no Instagram, ele tem 4,2 milhões de seguidores fiéis.

O comediante conversou com exclusividade com o jornalista Miguel Arcanjo Prado para OFuxico e falou sobre este momento especial em sua trajetória, disse como lida com o período que a humanidade vive e revelou o que pretende fazer quando tudo isso passar.

Leia a entrevista.

OFuxico – Como é chegar à Netflix justamente neste momento tão delicado de nossa história?
Thiago Ventura –
Eu espero que sirva como alívio. A comédia, desde muito tempo, tem ajudado os humanos a se expressarem e a desabafarem. E em momentos regados de lágrimas como esse, risadas servirão como antibiótico ao meu ver. Então, pode ser um momento feliz dentre essa loucura que tem assustado o planeta.

Miguel Arcanjo Prado – Como você vem encarando esta quarentena? O que tem feito?
Thiago Ventura –
Eu tenho cuidado da saúde e ocupado minha cabeça. Nunca fiquei tanto tempo sem show e a falta da rotina deixa o clima esquisito, porém, aceitei e segui. Não estou sofrendo e muito menos chorando pelos shows que não fiz. Aceitei. Vi muitas pessoas falando "eu vou perder muito dinheiro", na minha opinião, deixar de ganhar não é perder. É deixar. Não podemos pensar no que estava por vir. Não se perde o que não se tem. As pessoas multiplicaram a dor se não entenderem isso, por isso, resolvi ficar suave mesmo com uma situação onde apenas sai e não entra.

OF – Como você definiria seu estilo de humor?
Thiago Ventura –
O meu estilo é storytelling. Sou um contador de histórias. Griot de quebrada.

OF –  Como foi ganhar o Prêmio do Humor na categoria texto por Só Agradece? O que isso significou para você?
Thiago Ventura –
Pela primeira vez na história da comédia brasileira um comediante stand up concorreu como melhor texto ao lado de peças teatrais e venceu. Nunca respeitaram o stand up comedy como arte, agora isso mudou e ponto final. Essa é a importância.

OF –  Quem são os humoristas que você admira aqui no Brasil e no exterior?
Thiago Ventura –
Depende da época. Na real, acho que essa pergunta tem que ser respondida todo mês. Depende. Vou citar 3 daqui e 3 de lá que hoje eu realmente dou risada. Brasil: Rodrigo Marques, Murilo Couto, Afonso Padilha. Gringa: Dave Chapelle, Jim Jefferies e Bill Burr.

OF –  Quais especiais de humor você já viu e gostou na Netflix?
Thiago Ventura –
Richard Pryor de 1979 e Sticks and Stones do Dave Chapelle.

OF –  O streaming na sua visão é uma boa oportunidade para o humor neste momento de encontros presenciais impedidos?
Thiago Ventura –
Demais. Aliás, se não tivesse a internet nesse momento, nós comediantes stand up, seriamos completamente descartados. Então, esse espaço tem nos dado esperança.

OF –  Qual a importância do humor para enfrentar este momento que vivemos?
Thiago Ventura –
Rir dos problemas é lembrar que temos consciência de uma maneira filosófica. Pegar o que há de ruim e transformar mesmo sabendo o grau de cada situação ou momento, chega ser mágico. Por isso o humor sempre será escape.

OF – Quando a pandemia passar o que você deseja fazer?
Thiago Ventura –
Cortar a barba (risos). Fazer stand up comedy com certeza!

A Barraca do Beijo 2, Senna, Thiago Ventura.. as novidades de julho da Netflix


A Culpa do Cabral inicia gravações de nova temporada


 





Notícias Relacionadas

01/07/2020 | 07h00m - Flávia Ávila

Os removidos de julho da Netflix que deixarão saudade

30/06/2020 | 18h50m - Flávia Ávila

Maria Casadevall e Mel Lisboa lembram forte cena em série

30/06/2020 | 08h00m - Miguel Arcanjo Prado

Prêmio do Humor: Porchat homenageia Ary Toledo e Juca Chaves



Instagram

Instagram

OFuxico