Imprimir

Notícias

08/05/2020 | 05h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Val Kilmer acredita que as orações o curaram do câncer

Aor é adepto da Ciência Cristã e deu testemunho

Val Kilmer acredita que as orações o curaram do câncer - Reprodução/Instagram

Val Kilmer pratica a Ciência Cristã, mas confessa que concordou em tratar o câncer de garganta que teve, porque os filhos pediram. O ator de 60 anos é pai de Jack, de 24 anos, e Mercedes, de 28, de seu casamento com sua ex-esposa Joanne Whalley e quando Val foi diagnosticado com a doença, ele originalmente planejava sessões de orações com seu praticante da Ciência Cristã para que seu corpo o tratasse, já que na ciência cristã as doenças não podem ser manifestadas à voz externa.

No entanto, os filhos de Val Kilmer o convenceram a também ter tratamento médico para sua condição.

Ele disse ao jornal New York Times: "[eu tive] a sugestão de câncer de garganta". [Na Ciência Cristã], a ideia é, em vez de dizer que tenho ou tive [a doença], há uma afirmação, há uma sugestão de que isso é um fato".

Ele acrescentou: "Eu simplesmente não queria sentir o medo deles, que era profundo. Eu teria que ir embora e simplesmente não queria ficar sem eles", explica.

Ao aceitar o tratamento médico hoje ele está recuperado. E embora use um tubo de traqueostomia, acredita que a oração foi o verdadeiro tratamento para sua doença, enquanto a intervenção médica foi o que o machucou.

"Não há nada bom ou ruim, mas pensar faz com que seja assim. Rezei, e essa era minha forma de tratamento."

E, graças à sua fé na Ciência Cristã, Val não tem medo da morte: "Alguém vem até você e diz que você tem apenas quatro meses para viver, e o conceito de tempo é humano. Portanto, se você descrever o conceito divino de tempo, não haverá tempo", justifica.

A ciência cristã é um sistema de crenças religiosas e espirituais estabelecido no século XIX por Mary Baker Eddy, que segundo seus seguidores é usado para curar doenças.
 

Paixão por Angelina Jolie


Val Kilmer confessou à revista US Weekly que já foi completamente apaixonado pela atriz Angelina Jolie. O ator revelou que se apaixonou por ela quando trabalharam juntos no set do filme Alexander, de 2004, do diretor Oliver Stone, e admite que chegou a sonhar em ter um futuro com a ganhadora do Oscar.

"Desenvolvemos uma amizade", lembrou Kilmer em seu livro de memórias. "Estive por perto quando a mãe de Angie (Marcheline Bertrand) estava perdendo sua luta contra o câncer. Elas moravam no hotel preferido de sua mãe. Ou talvez foi Angie. Fiquei ali mesmo. Foi significativo, mortal, sem esforço e estranho", relembra.

O ator disse que sugeriu a Stone que seus personagens na trama, o Rei Philip II e a Rainha Olympias, deveriam ter cenas do tórrido romance do casal e o diretor concordou.

"Eu meio que estava brincando", ele escreveu, admitindo que o cineasta não entendeu a brincadeira, e decidiu fazer as cenas. "Eu mal podia esperar para beijar Angie, comprar um jato Gulfstream e pintar V + J na asa. Ela tinha adotado seu primeiro filho, Maddox, na época e os paparazzi estavam obcecados com essa Madonna moderna, a imagem perfeita do estrelato inacessível e o instinto maternal impossivelmente elegante".

Filme de Tom Cruise tem estreia cancelada
Val Kilmer está há 20 anos sem namorada
Val Kilmer relembra luta contra câncer de garganta
 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico